Gravidez na adolescencia em Montes Claros

Gravidez na adolescencia em Montes Claros

Título alternativo Adolescence pregnancy in Montes Claros: occurence and implications
Autor Figueiredo, Maria do Carmo Tolentino Autor UNIFESP Google Scholar
Resumo A presente investigacao tem como proposito dimensionar a ocorrencia da parturicao de adolescentes na rede hospitalar de Montes Claros, considerando as sinalizacoes de aumento de sua ocorrencia e as implicacoes associadas a gravidez neste segmento populacional. Partindo das Declaracoes de Nascidos Vivos (DNs), no periodo de' l 1997 a 2001, foram calculadas as proporcoes de adolescentes de 10 a 14 anos' de idade e de 15 a 19 anos em relacao ao total de partos, bem como a taxa especifica de fecundidade entre adolescentes residentes no municipio. Considerando o total de DNs preenchidas a cada ano, procedeu-se a caracterizacao das parturientes segundo idade) materna, frequencia adequada ao pre-natal superior a seis consultas e a via de parto, distinguindo o parto vaginal e cesarea. Dentre as variaveis desfecho, foi considerada a prematuridade, ou seja, as gestacoes abaixo de 37 semanas e as de 37 a 41 semanas (a termo), o baixo peso ao nascer tendo como criterio valores inferiores a 2.500 gramas, bem como, o apgar do 5º minuto abaixo de sete. A fim de identificar a intensidade das associacoes entre idade e cada uma das variaveis consideradas no estudo, foi calculada a estatistica CRAMER. Para efeito da relacao entre idade e desfechos da gravidez, levando em conta a frequencia ao pre-natal e a via de parto, foi calculada as razoes de probabilidade e a odds ratio, considerando como grupo de referencia, as proporcoes observadas entre as adultas (20 anos e mais), com frequencia adequada ao pre-natal e as que se submeteram ao parto vaginal. A proporcao de partos de adolescentes, da ordem de 21 por cento, apresentou poucas variacoes no periodo, acompanhando os valores do pais. A taxa especifica de fecundidade na adolescencia, por sua vez, variando de 3,01 a 2,02 por cem mulheres, diferentemente dos valores correspondentes observados no pais, apresentou taxas inferiores e tendencias decrescentea(au)
Palavra-chave Gravidez
Adolescente
Idioma Português
Data de publicação 2003
Publicado em São Paulo: [s.n.], 2003. 96 p.
Publicador Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
Extensão 96 p.
Direito de acesso Acesso restrito
Tipo Dissertação de mestrado
Endereço permanente http://repositorio.unifesp.br/handle/11600/19813

Exibir registro completo




Arquivo

Arquivo Tamanho Formato Visualização

Não existem arquivos associados a este item.

Este item está nas seguintes coleções

Buscar


Navegar

Minha conta