Habito alimentar e estado nutricional de pacientes e de familiares de pacientes com doenca celiaca

Habito alimentar e estado nutricional de pacientes e de familiares de pacientes com doenca celiaca

Título alternativo Food habit and state nutritional of patients and of patients'relatives with celiac disease
Autor Andreoli, Cristiana Santos Autor UNIFESP Google Scholar
Resumo Objetivo: Os objetivos deste estudo envolvendo criancas e adolescentes com doenca celiaca e de familiares de portadores desta doenca foram: 1. Comparar o estado nutricional de pacientes com doenca celiaca com o de familiares. 2. Comparar a frequencia habitual do consumo de determinados alimentos ou grupos de alimentos na dieta de pacientes com doenca celiaca e na dieta de familiares. 3. Comparar o estado ,, nutricional de pacientes com doenca celiaca que transgridem a dieta isenta de gluten com 9~ o de pacientes que nao transgridem a dieta. 4. Comparar o consumo de energia, macronutrientes, calcio e ferro de pacientes com doenca celiaca que transgridem a dieta isenta de gluten com o de pacientes que nao transgridem a dieta. Metodos: Foram estudados 71 pacientes com doenca celiaca (criancas e adolescentes) em dieta isenta de gluten ha pelo menos um ano. Foram avaliados, tambem, 59 familiares de pacientes com doenca celiaca. Em todos os participantes foram determinados os escores Z de peso-idade, peso-estatura, estatura-idade e indice de massa corporal (de acordo com os i percentis) e a frequencia habitual de consumo de alimentos. Nos pacientes com doenca celiaca verificou-se ainda a inGestão de energia e macronutrientes atraves do dia alimentar habitual e a transgressao a dieta com base na positividade do anticorpo antitransglutaminase tissular (AAT). Resultados: O grupo das criancas com doenca celiaca apresentaram menor peso e indice de massa corporal em relacao aos familiares, e os adolescentes com doenca celiaca apresentaram menor estatura. Transgressao a dieta isenta de gluten foi observada em 46,0 por cento das criancas e em 35,5 por cento dos adolescentes com doenca celiaca. As criancas com doenca celiaca apresentam maior consumo habitual de feijao e tuberculos em relacao aos familiares. Os adolescentes apresentam maior consumo habitual de pao de queijo e carne quando comparados com os familiares. Em ambos os grupos de pacientes com doenca celiaca nao houve diferenca significativa no consumo de energia, macronutrientes, calcio e ferro. Conclusao: As criancas com C doenca celiaca, segundo os indicadores antropometricos, apresentam peso e indice de massa corporal menores do que familiares, enquanto que os adolescentes apresentaram menor estatura em relacao aos familiares. Observou-se diferencas no consumo habitual de determinados alimentos em relacao aos familiares tanto nas criancas como nos F adolescentes. Os indicadores de escores Z foram inferiores para peso-estatura e indice de massa corporal nas criancas com doenca celiaca que obedecem a dieta sem gluten em relacao as criancas que nao obedecem a dieta. Adolescentes que transgridem a dieta apresentam menor estatura em relacao aos que obedecem a dieta sem gluten
Palavra-chave Hábitos Alimentares
Estado Nutricional
Doença Celíaca
Idioma Português
Data de publicação 2003
Publicado em São Paulo: [s.n.], 2003. 74 p.
Publicador Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
Extensão 74 p.
Direito de acesso Acesso restrito
Tipo Dissertação de mestrado
Endereço permanente http://repositorio.unifesp.br/handle/11600/19798

Exibir registro completo




Arquivo

Arquivo Tamanho Formato Visualização

Não existem arquivos associados a este item.

Este item está nas seguintes coleções

Buscar


Navegar

Minha conta