Estudo de controle administrativo em modelo ambulatorial publico de oftalmologia

Estudo de controle administrativo em modelo ambulatorial publico de oftalmologia

Título alternativo The study od administrative control on ophthalmology outpatients public model
Autor Assis, Solino Prado Autor UNIFESP Google Scholar
Resumo OBJETIVO: Mecanismos de controle administrativo foram estudados em um ambulatorio publico de oftalmologia que atende pacientes com hanseniase. PACIENTES E METODOS: Em um estudo prospectivo, foi registrado o atendimento oftalmologico com atencao particular as alteracoes oculares da hanseniase em 168 pacientes e 170 voluntarios de um grupo controle selecionado entre os acompanhantes dos pacientes da instituicao. O perfil das alteracoes como um mecanismo de controle foi descrito e estatisticamente confrontado entre os grupos. Questionario foi usado para esbocar a qualidade percebida (boa, regular ou ruim) de diferentes aspectos da entidade (tempo, oportunidade, cordialidade e conveniencia, consistencia, acesso, precisao, capacidade de responder, integralidade). RESULTADOS: Somente quatro alteracoes mostraram diferencas significantes para o grupo controle: madarose de cilios e supercilios (11 por cento), olho seco (44 por cento), reducao da sensibilidade da cornea (9 por cento) e atrofia iriana. Os aspectos da organizacao que foram submetidos a classificacao pela entrevista localizaram problemas especificos da instituicao. As principais criticas incluiram: perda de um tempo demasiada entre o agendamento e a consulta, irregularidades no processo de prestacao de servico, conforto e adequacao estrutural, transporte como obstaculo ao acesso e interacao insuficiente entre organizacao e pacientes. CONCLUSAO: O perfil das alteracoes oftalmologicas pode funcionar como mecanismo de controle e entrevistas com o cliente do servico publico de Saúde e um meio de baixo custo para averiguacao da qualidade
Palavra-chave Oftalmologia
Hanseníase
Idioma Português
Data de publicação 2003
Publicado em São Paulo: [s.n.], 2003. 50 p.
Publicador Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
Extensão 50 p.
Direito de acesso Acesso restrito
Tipo Dissertação de mestrado
Endereço permanente http://repositorio.unifesp.br/handle/11600/19716

Exibir registro completo




Arquivo

Arquivo Tamanho Formato Visualização

Não existem arquivos associados a este item.

Este item está nas seguintes coleções

Buscar


Navegar

Minha conta