Estudo experimental comparativo entre ultra-som e radiofrequencia na realizacao de linhas de ablacao atriais por via epicardica

Estudo experimental comparativo entre ultra-som e radiofrequencia na realizacao de linhas de ablacao atriais por via epicardica

Título alternativo Comparative trial study between ultrasound and radiofrequency in the accomplishment of atrial ablation line through epicardial ways
Autor Santos, Magaly Arrais dos Autor UNIFESP Google Scholar
Resumo Objetivo: Avaliar a aplicabilidade das fontes de energia, ultra-som e radiofrequencia, para a realizacao de linhas de ablacao na parede atrial por via epicardica dispensando o uso de circulacao extracorporea. Comparando o tempo necessario, a continuidade e profundidade das lesoes. Metodos: Foram utilizados doze animais de experimentacao (porcos), que foram sedados, anestesiados, intubados, ventilados mecanicamente e submetidos a toractomia mediana longitudinal transesternal. Os animais foram divididos em dois grupos, o primeiro utilizando ultra-som e o segundo radiofrequencia, para realizar linhas de ablacao epicardicas continuas na parede do atrio direito ao longo da crista terminal, e no atrio esquerdo em volta das veias pulmonares e na base do apendice atrial esquerdo. Apos trinta minutos os animais foram sacrificados, os coracoes foram excisados e submetidos a avaliacao macroscopica e analise histologica das amostras do tecido atrial lesado da crista terminal, veia pulmonar esquerda e veia pulmonar direita. Resultados: As linhas de ablacao propostas foram completamente realizadas nos dois grupos. O tempo necessario para a realizacao das linhas de ablacao no primeiro grupo foi menor que no segundo, com significancia estatistica nas tres localizacoes: crista terminal, veia pulmonar esquerda e veia pulmonar direita. As linhas de ablacao esbranquicadas, continuas e bem delimitadas, foram evidentes no epicardio nos dois grupos. No endocardio dois coracoes do primeiro grupo apresentavam descontinuidade da lesao na crista terminal, e no segundo grupo todos os coracoes apresentavam linhas continuas. No exame histologico duas amostras da crista terminal no primeiro grupo nao foram transmurais, e todas as amostras do segundo foram transmurais. As lesoes apresentavam aspecto similares nos dois grupos, sendo abservado destruicao do epicardio, desorganizacao tecidual, edema celular e intersticial, picnose, coagulacao citoplasmatica e hemorragia, que foi mais intensa e evidente nas veias pulmonares. Conclusoes: A utilizacao de fontes de energia para a realizacao de linhas de ablacao atriais por via epicardica sem a utilizacao de circulacao extracorporea, e um metodo factivel, capaz de provocar lesoes transmurais de forma precisa e sem perfuracoes. Principalmente quando realizado com a radiofrequencia
Palavra-chave Fibrilação Atrial
Ablação por Cateter
Ultrassom
Idioma Português
Data de publicação 2003
Publicado em São Paulo: [s.n.], 2003. 109 p.
Publicador Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
Extensão 109 p.
Direito de acesso Acesso restrito
Tipo Tese de doutorado
Endereço permanente http://repositorio.unifesp.br/handle/11600/19697

Exibir registro completo




Arquivo

Arquivo Tamanho Formato Visualização

Não existem arquivos associados a este item.

Este item está nas seguintes coleções

Buscar


Navegar

Minha conta