Isolamento e caracterizacao funcional de novos substratos naturais para a endopeptidase 24.15, neurolisina e enzima conversora de angiotensina

Isolamento e caracterizacao funcional de novos substratos naturais para a endopeptidase 24.15, neurolisina e enzima conversora de angiotensina

Título alternativo Isolation and functional characterization novels natural substrate to endopeptidase 24.15, neurolysin and angiotensina-converting enzyme
Autor Rioli, Vanessa Autor UNIFESP Google Scholar
Resumo Endopeptidase 24.15 (EC 3.4.24.15; ep24.15), neurolisina (EC 3.4.24.16; ep24.16) e enzima conversora de angiotensina (EC 3.4.15.1; ECA) sao metalopeptidases envolvidas no metabolismo de neuropeptideos em vertebrados. Nesse trabalho geramos mutantes cataliticamente inativos para as enzimas ep24.15 e ep24.16, com o objetivo de utiliza-las no isolamento de novos substratos naturais. Experimentos de dicroismo circular e de ligacao com peptideos conhecidos, utilizando as enzimas selvagens ou inativas recombinantes, confirmaram suas integridades estruturais, bem como a manutencao da capacidade de reconhecer peptideos. Utilizando as enzimas recombinantes cataliticamente inativas foi possivel, com auxilio de cromatografia de exclusao molecular a seco, isolar varios novos peptideos presentes no homogenato total de cerebro ou baco de ratos. Estes peptideos foram separados por cromatografia liquida de alta resolucao (HPLC), sequenciados por espectrometria de massa (Q-TOF, MicroMass), e identificados como possiveis fragmentos de proteinas intracelulares, tais como a hemoglobina. Tres destes peptideos (PVNFKFLSH, VVYPWTQRY e LVVYPWTQRY) foram sintetizados e mostraram uma interacao com a ep24.15, ep24.16 e ECA, com Ki 's variando entre 1.86 M e 27.76 M. O peptideo PVNFKFLSH, denominado por nos hemopressina, produziu uma hipotensao dose-dependente em ratos anestesiados, iniciando com doses de 0.001 g/kg. O efeito hipotensivo deste peptideo foi demonstrado ser potencializado pelo enalapril. Esses dados resultados sugerem que a hemopressina seja uma nova substancia vasoativa in vivo. Dessa forma, nossos resultados contribuiram para a identificacao de um novo peptideo vasoativo, bem como para o desenvolvimento de um novo metodo que permitiu o isolamento de novos substratos naturais para as ep24.15, ep24.16 e ECA
Assunto ENDOPETIDASES
PEPTIL DIPEPTIDASE A
Peptídeos
Pressão Arterial
Idioma Português
Data 2003
Publicado em São Paulo: [s.n.], 2003. 62 p.
Editor Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
Extensão 62 p.
Direito de acesso Acesso restrito
Tipo Tese de doutorado
URI http://repositorio.unifesp.br/handle/11600/19693

Mostrar registro completo




Arquivos deste item

Arquivos Tamanho Formato Visualização

Não existem arquivos associados a este item.

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(s)