Análise da bacteremia na vigência de obstrução do cólon esquerdo em ratos submetidos a lavagem mecânica anterograda transoperatória

Análise da bacteremia na vigência de obstrução do cólon esquerdo em ratos submetidos a lavagem mecânica anterograda transoperatória

Título alternativo Analysis of bacteremy in the validity of left colon obstruction in rats submitted to transoperatory antegrade mechanical cleasing
Autor Nunes, Benicio Luiz Bulhões Barros Paula Autor UNIFESP Google Scholar
Orientador Saad, Sarhan Sydney Autor UNIFESP Google Scholar
Resumo A conduta a ser tomada diante dos quadros de obstrucao do colon esquerdo ainda e controversa: Operacao de Hartmann; resseccoes do colon com confeccao de colostomia e fistula mucosa; colostomias derivativas ou colectomias totais ou subtotais com ileoretoanastomose. Isto implica na confeccao de estoma ou na realizacao de cirurgias extensas com anastomoses excluindo o colon esquerdo. Sendo assim, alguns autores propuseram a realizacao de lavagem mecanica transoperatoria como metodo de preparo do colon, possibilitando a realizacao de anastomose primaria no colon esquerdo. Entretanto, sera que esta forma de preparo do colon nessas situacoes nao implica na disseminacao de bacterias na corrente sanguinea? Com o objetivo de determinar, num modelo experimental de obstrucao do colon esquerdo, a associacao entre bacteremia e lavagem mecanica anterograda transoperatoria do colon, 40 ratos Wistar, machos, com idade entre 90 e 120 dias, foram submetidos a uma laparotomia, onde foram randomizados e alguns obstruidos. Apos 72h, todos os animais foram relaparotomizados, com realizacao de novo sorteio para definir quais animais seriam submetidos a limpeza mecanica anterograda transoperatoria. Depois da coleta de sangue para pesquisa de aerobios e anaerobios, todos os animais foram sacrificados. Desta forma, os animais foram distribuidos aleatoriamente em quatro grupos: A obstrucao intestinal e limpeza mecanica colonica; B - obstrucao intestinal e sem limpeza mecanica colonica; C - sem obstrucao intestinal e com limpeza mecanica colonica; e D - sem obstrucao intestinal e sem limpeza mecanica colonica (grupo sham). Ao analisar os resultados, nao se verificou bacteremia nos animais do grupo sham. Ja no grupo C, o numero de animais com crescimento bacteriano nas hemoculturas foi de tres (30 por cento), enquanto 40 por cento dos animais do grupo B tiveram hemoculturas positivas (quatro animais). No grupo A, oito animais apresentaram hemoculturas positivas, correspondendo a 80 por cento dos ratos deste grupo, sendo a analise de variancia estatisticamente significante (p=0,0029). Verificou-se que o risco relativo de um animal com obstrucao intestinal desenvolver bacteremia foi quatro vezes maior que aquele sem obstrucao (RR: 4,00; ICs5 por cento:1,33 - 12,05). Ao se analisar apenas o fator lavagem mecanica, este risco foi 2,75 vezes maior naqueles animais submetidos a este procedimento (RR: 2,75; ICss por cento:1,05 - 7,20). Pode-se concluir que, neste modelo experimental: a obstrucao intestinal aumenta em quatro vezes o risco de bacteremia, a lavagem aumenta em quase tres vezes a chance de disseminacao de bacterias na corrente sanguinea, o que justifica o porque da presenca de bacteremia em maior incidencia nos animais com obstrucao e lavagem
Palavra-chave Obstrução intestinal
Colo
Irrigação terapêutica
Translocação bacteriana
Intestinal obstruction
Colon
Therapeutic irrigation
Bacterial translocation
Idioma Português
Data de publicação 2003
Publicado em São Paulo: [s.n.], 2003. 57 p.
Publicador Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
Extensão 57 p.
Direito de acesso Acesso restrito
Tipo Dissertação de mestrado
Endereço permanente http://repositorio.unifesp.br/handle/11600/19683

Exibir registro completo




Arquivo

Arquivo Tamanho Formato Visualização

Não existem arquivos associados a este item.

Este item está nas seguintes coleções

Buscar


Navegar

Minha conta