Ventilacao nao invasiva por pressao positiva continua na via aerea(CPAP) associada ao broncodilatador no tratamento da crise de asma bronquica

Ventilacao nao invasiva por pressao positiva continua na via aerea(CPAP) associada ao broncodilatador no tratamento da crise de asma bronquica

Título alternativo Noninvasive continuos possitive pressure ventilation associeted to bronchodilatador treatment in the acute asthama -attack
Autor Miranda, Aldo Silva de Autor UNIFESP Google Scholar
Resumo Objetivo do Estudo: Avaliar: (i) a resposta broncodilatadora em pacientes com crise de asma aguda, quando utilizado o modo de ventilacao por pressao positiva continua na via aerea (CPAP) com mascara facial associado a terapia inalatoria broncodilatadora; (ii) sensacao subjetiva a tolerancia do paciente ao suporte da ventilacao nao invasiva durante a crise de asma bronquica. Desenho do Estudo: Analise transversal. Local: Pronto Atendimento de Pneumologia da Universidade Federal de São Paulo - Escola Paulista de Medicina. Pacientes e Metodos: Foram estudados 63 pacientes com diagnostico clinico de crise asmatica. Os pacientes foram submetidos as medidas de: saturacao de oxihemoglobina (SP02 por cento), frequencia cardiaca (FC), frequencia respiratoria (rpm), pico de fluxo expiratorio-PFE (Umin). Realizada as medidas os pacientes foram randomizados em 3 grupos para tratamento: Grupo A (n=21) - Nebulimetro Pressurizado (NEP) interligado a mascara facial para a administracao da pressao positiva continua (CPAP); Grupo B (n=21) Nebulimetro Pressurizado (NEP) intercalado ao uso da mascara facial para a administracao da pressao positiva continua (CPAP); e Grupo C (n=21) -Nebulimetro Pressurizado (NEP) submetido a tratamento convencional. As medidas observadas foram submetidas a analise estatistica aplicando-se o teste t de student e ANOVA e variacao percentual (Kruskall-Wallis) para as variaveis de frequencia respiratoria e PFE. Foram considerados resultados estatisticamente significantes quando os valores de p foram menores que 0,05. Resultados: Nao houve variacao estatistica para a frequencia cardiaca (FC) e saturacao de oxihemoglobina (SP02 por cento) entre os grupos A,B,C. As variaveis que diferiram no pos tratamento foram a frequencia respiratoria (rpm) e o pico de fluxo expiratorio (PFE) com valores de p < 0,01. Conclusoes: 0 uso da pressao positiva continua (CPAP) intercalado ao broncodilatador pode otimizar a reversao do broncoespasmo quando comparado ao tratamento convencional. 0 uso da pressao positiva continua (CPAP) e bem aceito em pacientes com crise de asma
Palavra-chave Ventilação
FISIOTERAPIA(ESPECIALIDADE)
Asma
Idioma Português
Data de publicação 2003
Publicado em São Paulo: [s.n.], 2003. 59 p.
Publicador Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
Extensão 59 p.
Direito de acesso Acesso restrito
Tipo Dissertação de mestrado
Endereço permanente http://repositorio.unifesp.br/handle/11600/19677

Exibir registro completo




Arquivo

Arquivo Tamanho Formato Visualização

Não existem arquivos associados a este item.

Este item está nas seguintes coleções

Buscar


Navegar

Minha conta