Acao de alcaloides da Acosmium subelegans(Mohlenbr.) Yakovlev no influxo e na mobilizacao de ions de Ca2+ em culturas primarias de musculos esqueleticos e cardiaco

Acao de alcaloides da Acosmium subelegans(Mohlenbr.) Yakovlev no influxo e na mobilizacao de ions de Ca2+ em culturas primarias de musculos esqueleticos e cardiaco

Título alternativo Action of alkaloids of Acosmium subelegans (Mohlenbr.) Yakovlev in Ca2+ influx and mobilization in primary cultures of skeletal and cardiac muscles
Autor Cardoso-Lopes, Elaine Monteiro Autor UNIFESP Google Scholar
Resumo A Acosmium subelegans (MohlenbrJ Yakovlev, conhecida popularmente como perobinha do campo, e utilizada na medicina popular principalmente como antiespasmodica, sedativa febrifuga na epilepsia, nos acessos da asma e na~ coqueluche' Esta especie foi considerada prioritaria no 1° Projeto de Plantas Medicinais (CEME-MS) na busca de medicamentos autoctones a partir de produtos naturais de uso popular. Estudos anteriores de nosso laboratorio mostraram que o extrato aquoso (EA) e a fracao alcaloidica (FALK) da A. subelegans potenciam a contracao dos musculo diafragma estimulado diretamente na presenca de d-tubocurarina. Na dependencia da concentracao do extrato ou da fracao, e do tempo de incubacao, a i potenciacao foi seguida de inibicao das contracoes. As fracoes semi-purificadas da FALK, F-1, F-3 e F-5 mantiveram a atividade potenciadora das contracoes no musculo esqueletico (Cardoso 1998). Estes resultados sugeriram uma provavel interferencia do EA e fracoes da A. subelegans na homeostasia intracelular de calcio. Esta tese teve por objetivo aprofundar os estudos dos mecanismos de acao das fracoes semi-purificadas e das substancias isoladas da A. subelegans no influxo e na mobilizacao de calcio em culturas de musculos esqueletico e cardiaco. Os resultados obtidos sao apresentados a seguir: 1. A FALK da A. subelegans apresentou atividade inotropica positiva e/ou negativa em atrio esquerdo de rato estimulado eletricamente. Concentracoes menres de FALK(30 e 100 g/mL) aumentaram a concentracao atrial basal. Este efeito inotropico positivo nao foi bloqueado por propanolol. Ja, concentracoes maiores de FALK (300 e 600 g/mL) diminuiram as concentracoes e induziram falhas na concentracao atrial. Estes resultados descartaram a participacao dos receptores -adrenergicos no efeito inotropico positivo da fracao e indicaram uma possivel acao intracelular dos alcaloides. 2. A FALK(30 a 300 g/mL) prolongou de forma concentracao- e tempo- dependente o periodo refrataria efetivo atrial (PRE). 3. A FALK foi purificada em CLEAR, originando 5 fracoes semi-purificadas identificadas de F-1 a F-5a(au)
Palavra-chave Extratos Vegetais
Miocárdio
Idioma Português
Data de publicação 2003
Publicado em São Paulo: [s.n.], 2003. 127 p.
Publicador Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
Extensão 127 p.
Direito de acesso Acesso restrito
Tipo Tese de doutorado
Endereço permanente http://repositorio.unifesp.br/handle/11600/19646

Exibir registro completo




Arquivo

Arquivo Tamanho Formato Visualização

Não existem arquivos associados a este item.

Este item está nas seguintes coleções

Buscar


Navegar

Minha conta