Projeto de pesquisa tratamento das fratuars com desvio, redutiveis e instaveis da extremidade distal do radio

Projeto de pesquisa tratamento das fratuars com desvio, redutiveis e instaveis da extremidade distal do radio

Título alternativo Treatment of displaced reducible and unstable distal radial fractures: percutaneous pinning X external fixation
Autor Belloti, Joao Carlos Autor UNIFESP Google Scholar
Resumo Introdução: As fraturas da extremidade distal do radio estao entre as mais frequentes do membro superior, especialmente quando consideramos a populacao da raca branca, do sexo feminino e acima de 40 anos de idade, devido a progressiva perda de massa ossea neste grupo populacional. Varios estudos, entre os quais quatro revisoes sistematicas, tem demonstrado as dificuldades para determinarmos o melhor forma de estabilizacao cirurgica destas fraturas, sendo que ate momento, nao encontramos na literatura evidencias cientificas suficientes para decidirmos sobre o melhor tipo de tratamento para a maioria destas fraturas. Dentre os tipos de fraturas da extremidade distal do radio, as fraturas com desvio classificadas como redutiveis e instaveis estao entre as mais frequentes, e sao as que apresentam maior divergencia quanto a forma de tratamento. Quando nao tratadas adequadamente, evoluem para a consolidacao viciosa com deformidade anatomica e restricao funcional, frequentemente necessitando de procedimentos cirurgicos de salvacao para o tratamento das sequelas. Na literatura, temos a descricao de varias metodos de tratamento, sendo que ha evidencias favoraveis para o tratamento cirurgico com os metodos de pinagem percutanea ou do fixador externo, e com finalidade de comparar estes dois metodos elaboramos este projeto de pesquisa. Objetivo: Nas fraturas com desvio, redutiveis e instaveis da extremidade distal do radio, comparar os metodos de estabilizacao cirurgica: Fixador externo x Pinagem percutanea ( DePalma ). Metodos: Estudo clinico randomizado. Pacientes de ambos os sexos acima de 40 anos de idade com fraturas redutiveis e instaveis da extremidade distal do radio, nao tratadas previamente, comparando-se os dois metodos cirurgicos. Serao considerados para a avaliacao final o resultado anatomico e o funcional, os custos do tratamento com cada metodo, as complicacoes e a satisfacao do paciente. Viabilidade: Este projeto sera desenvolvido e tera apoio do Departamento de Ortopedia e Traumatologia - Disciplina de Cirurgia da Mao e Membro Superior u Unifesp u EPM. Os pacientes serao provenientes do Pronto Socorro de Ortopedia do Hospital São Paulo e operados em regime ambulatorial na oCasa de Cirurgia da Maoo u Disciplina de Cirurgia da Mao e Membro Superior u UNIFESP - EPM
Palavra-chave Fraturas Ósseas
/cirurgia
RADIO(ANATOMIA)
Idioma Português
Data de publicação 2003
Publicado em São Paulo: [s.n.], 2003. 32 p.
Publicador Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
Extensão 32 p.
Direito de acesso Acesso restrito
Tipo Dissertação de mestrado
Endereço permanente http://repositorio.unifesp.br/handle/11600/19638

Exibir registro completo




Arquivo

Arquivo Tamanho Formato Visualização

Não existem arquivos associados a este item.

Este item está nas seguintes coleções

Buscar


Navegar

Minha conta