Comparacao da capaciodade funcional entre idosos com infarto do miocardio previo em uso de betabloqueador e idosos sem cardiopatia clinicamente evidente por meio do teste cardiopulmonar

Comparacao da capaciodade funcional entre idosos com infarto do miocardio previo em uso de betabloqueador e idosos sem cardiopatia clinicamente evidente por meio do teste cardiopulmonar

Título alternativo The comparison of the exercice capacity in elderly post-myocardial infarction patients receiving beta-blocers with that elderly subjects without evidence of heart disease, measured by cardiopulmonary testing
Autor Araujo, Clenia Oliveira Autor UNIFESP Google Scholar
Resumo A capacidade funcional declina progressivamente com o envelhecimento, devido a diminuicao da resposta a estimulacao -adrenergica. Embora o uso de -bloqueadores apos infarto do miocardio reduza a morbimortalidade tanto a curto quanto a longo prazo, alguns estudos, sugerem que estes medicamentos podem reduzir a capacidade de exercicio destes individuos. 0 nosso estudo foi transversal, e avaliou 30 individuos entre 65 a 87 anos (idade media de 76.03 ±4,75 anos), de ambos os sexos (60 por cento mulheres), que comparou a capacidade funcional por meio do teste cardiopulmonar, entre 14 idosos com infarto do miocardio (IM) previo documentado, sem sinais ou sintomas de insufiCiência cardiaca em uso de -bloqueador  3 meses (Grupo I) e 16 idosos sem cardiopatia clinicamente evidente (Grupo II). As doses dos -bloqueadores foram suficientes para manter a frequencia cardiaca entre 55 a 60 batimento por minuto. Nao houve diferenca estatisticamente significante entre os grupos, relacionados a idade, sexo, indice de massa corporea e nivel de atividade fisica. Os resultados da analise metabolica e hemodinamica nao mostraram diferenca estatisticamente significante entre os grupos quanto ao consumo de oxigenio )pico (V02pico) e ao limiar anaerobio. Houve diferenca apenas em relacao a frequencia cardiaca e duplo produto, secundaria ao uso de betabloqueador nos pacientes infartados. Os nossos resultados demonstram que a capacidade de exercicio de idosos infartados em uso prolongado de -bloqueadores, com toses adequadas, foi semelhante a de idosos sem cardiopatia clinicamente vidente, sugerindo que os (-bloqueadores podem nao interferir negativamente - a capacidade funcional de idosos apos infarto do miocardio
Palavra-chave Infarto do Miocárdio
Agonistas Adrenérgicos beta
Idioma Português
Data de publicação 2003
Publicado em São Paulo: [s.n.], 2003. 95 p.
Publicador Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
Extensão 95 p.
Direito de acesso Acesso restrito
Tipo Dissertação de mestrado
Endereço permanente http://repositorio.unifesp.br/handle/11600/19632

Exibir registro completo




Arquivo

Arquivo Tamanho Formato Visualização

Não existem arquivos associados a este item.

Este item está nas seguintes coleções

Buscar


Navegar

Minha conta