Pesquisa e identificacao de espermatozoides e espermatides presentes ni ejaculado de pacientes considerados azoospermicos nao-obstrutivos

Pesquisa e identificacao de espermatozoides e espermatides presentes ni ejaculado de pacientes considerados azoospermicos nao-obstrutivos

Título alternativo Identification of spermatozoa and spermatids presented in ejaculated of patients considered with non-obstyructive azoospermia
Autor Timm Junior, Odival Autor UNIFESP Google Scholar
Resumo Objetivo: pesquisar e identificar espermatozoides e espermatides, presentes no ejaculado de pacientes considerados azoospermicos nao-obstrutivos. Tipo de Estudo: prospectivo. Local: Setor Integrado de Reproducao Humana, Disciplina de Urologia, Departamentos de Cirurgia e Ginecologia, Universidade Federal de São Paulo, São Paulo. Metodo: 27 pacientes com idade entre 18 e 48 anos, com diagnostico inicial compativel com azoospermia do tipo nao-obstrutiva, foram submetidos a ate 3 amostras seminais, sendo avaliados os parametros macroscopicos e microscopicos diferenciados para cada amostra. Na primeira amostra, 5gL de semen foi colocado no centro da camara de Horwell e avaliada a presenca ou nao de espermatozoides. O procedimento foi repetido com mais duas outras aliquotas. Na ausencia de espermatozoides, toda amostra foi transferida para um tubo conico, e apos centrifugacao, o sedimento foi analisado a fresco. Na segunda amostra seminal, realizou-se da mesma forma a pesquisa de espermatozoides. Nos casos onde nao foram observados espermatozoides, a amostra foi centrifugada e o sedimento obtido, corado pelo metodo panotico e observado em microscopia optica comum (1250 vezes). Na terceira amostra seminal, inicialmente realizou-se a pesquisa de espermatozoides semelhante a primeira amostra. Quando espermatozoides nao foram observados, transferiu-se todo o material seminal para um tubo conico. Apos centrifugacao, o sedimento foi transferido para um outro tubo contendo gradiente descontinuo de densidade (Percoll). Apos nova configuracao, realizou-se separadamente o esfregaco de cada camada. A observacao de espermatozoides e de celulas do epitelio germinativo foi realizada em microscopio optico comum, apos coloracao pelo metodo panotico. Resultados: 4/27 (14,8 por cento) pacientes apresentaram espermatozoides na primeira amostra seminal e 6/23(26, 1 por cento), na segunda amostra seminal. Na terceira amostra nao foram observados espermatozoides, todavia, 11/7(64,7 por cento) apresentaram espermatides. Conclusao: Uma unica analise seminal rotineira nao e suficeiente para afirmar o diagnostico de azoospermia nao-obstrutiva. Em situacoes clinicas onde o diagnostico inicial e de azoospermia nao-obstrutiva, a analise do sedimento centrifugado pode ter consequencias clinicas relevantes. Dos pacientes considerados azoospermicos nao-obstrutivos(27), quando devidamente avaliados, 37 por cento apresentaram espermatozoides e 64,7 por cento espermatides
Palavra-chave Espermatozoides
Espermátides
Idioma Português
Data de publicação 2003
Publicado em São Paulo: [s.n.], 2003. 38 p.
Publicador Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
Extensão 38 p.
Direito de acesso Acesso restrito
Tipo Dissertação de mestrado
Endereço permanente http://repositorio.unifesp.br/handle/11600/19623

Exibir registro completo




Arquivo

Arquivo Tamanho Formato Visualização

Não existem arquivos associados a este item.

Este item está nas seguintes coleções

Buscar


Navegar

Minha conta