Filhos de dependentes químicos com fatores de risco bio-psicossociais: necessitam de um olhar especial?

Filhos de dependentes químicos com fatores de risco bio-psicossociais: necessitam de um olhar especial?

Título alternativo Children of addicted parents with bio-psychosocial risk factors: do they need a special care?
Autor Figlie, Neliana Buzi Autor UNIFESP Google Scholar
Fontes, Andrezza Autor UNIFESP Google Scholar
Moraes, Edilaine Autor UNIFESP Google Scholar
Payá, Roberta Autor UNIFESP Google Scholar
Instituição Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
Pontifícia Universidade Católica de São Paulo
Resumo CONTEXT: Alcoholism and other drug addictions tend to run in the families. Children of addicted parents are more at risk of addiction and psychiatric disorders than other children. OBJECTIVE: The aim of this study was to investigate the profile of children, adolescents and families in a selective prevention service offered to the children of addicted parents, and to discuss alternatives for the assessment and treatment of this population. DESIGN: cross-sectional study. SETTING: Selective prevention service implemented in downtown district of São Paulo, with 63 parents, 54 children and 45 adolescents. MAIN MEASUREMENTS: Socio-demographic data, Procedimento de Desenhos de Família com Estórias - DF-E; Drug Use Screening Inventory (DUSI); Criteria about psychosocial stress situation in childhood; Self-Report Questionnaire SRQ-20; Family CAGE. RESULTS: Regarding to the family profile, 67% belongs to D level in socio-demographic data, with the majority of families studied having an addicted father (67%); alcohol was the most frequent substance used (75%). The SRQ-20 assessing 59% of mates, who are not addicted, with mental suffering. In children, it was observed shyness, inferiority feelings, depression, family conflict, need for warm-heartness and good level of energy that is level-headed in terms of emotional and mental areas. In adolescents, it was observed higher level of problems in DUSI areas: psychiatric disorder, social competency, family system, and leisure/recreation. CONCLUSIONS: The paper concluded the need of a specialized selective prevention service in children, adolescents and families affected by substance abuse considering that children of addicted parents are at risk of developing bio-psychosocial problems.

CONTEXTO: A dependência química tende a afetar a família como um todo. Filhos de dependentes químicos têm um risco aumentado para o desenvolvimento da dependência química, bem como para transtornos psiquiátricos, quando comparados com outras crianças. OBJETIVO: Investigar o perfil de crianças, adolescentes e familiares em um serviço de prevenção seletiva para filhos de dependentes químicos e discutir alternativas de intervenção e tratamento para essa população. Tipo de estudo: corte transversal. AMOSTRA: serviço de prevenção seletiva, situado em um bairro da periferia da cidade de São Paulo, com 63 familiares, 54 crianças e 45 adolescentes. INSTRUMENTOS: dados sócio-demográficos; Procedimento de Desenhos de Família com Estórias - DF-E; Drug Use Screening Inventory (DUSI); Critérios de investigação sobre situações de estresse psicossocial vividas pela criança (CID 10, 1993); Self-Report Questionnaire SRQ-20; CAGE familiar. RESULTADOS: com relação ao perfil familiar, 67% pertencem à categoria socioeconômica D; na maioria das famílias o pai é o dependente químico (67%), tendo como substância de escolha o álcool (75%). O SRQ-20 detectou, em 59% dos cônjuges que não eram dependentes químicos, risco de distúrbios em saúde mental. Nas crianças, foi observada timidez e sentimento de inferioridade, depressão, conflito familiar, carência afetiva e bom nível de energia, que é indicativo de equilíbrio emocional e mental. Nos adolescentes, foi observado maior índice de problemas nas seguintes áreas do DUSI: desordens psiquiátricas, sociabilidade, sistema familiar e lazer/recreação. CONCLUSÃO: o artigo concluiu a necessidade de um serviço especializado de prevenção seletiva, dirigido a crianças, adolescentes e familiares afetados pela dependência química, uma vez que filhos de dependentes químicos representam um grupo de risco para o desenvolvimento de problemas bio-psicossociais.
Palavra-chave Substance-related disorders
child
adolescent psychology
family relations
mental health
Transtornos relacionados ao uso de substâncias
criança
psicologia do adolescente
relacionamento familiar
saúde mental
Idioma Português
Data de publicação 2004-01-01
Publicado em Archives of Clinical Psychiatry. Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo, v. 31, n. 2, p. 53-62, 2004.
ISSN 0101-6083 (Sherpa/Romeo)
Publicador Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo
Extensão 53-62
Fonte http://dx.doi.org/10.1590/S0101-60832004000200001
Direito de acesso Acesso aberto Open Access
Tipo Artigo
SciELO S0101-60832004000200001 (estatísticas na SciELO)
Endereço permanente http://repositorio.unifesp.br/handle/11600/1962

Exibir registro completo




Arquivo

Nome: S0101-60832004000200001.pdf
Tamanho: 129.1KB
Formato: PDF
Descrição:
Abrir arquivo

Este item está nas seguintes coleções

Buscar


Navegar

Minha conta