Estudo cininogenasico das calicreinas tissulares de rato e camundongo e dos subsitios S'1 e S'2 da calicreina tisular humana

Estudo cininogenasico das calicreinas tissulares de rato e camundongo e dos subsitios S'1 e S'2 da calicreina tisular humana

Título alternativo Kininogenase activity evaluation of rat and mouse tissues kallikreins ans subsites S'1 e S'2 of human tissue kallikrein
Autor Fogaca, Sandro Eurico Autor UNIFESP Google Scholar
Resumo As calicreinas tissulares constituem uma familia de genes presentes em varias especies de mamiferos, inclusive rato, camundongo e no homem. Membros dessas familias definem um subgrupo de serino protease, devido apresentarem identidade em sua extensa sequencia com as calicreinas tissulares (EC 3.4.21.35), uma serino protease que gera bradicinina ou Lys-bradicinina (calidina) atraves da clivagem do cininogenio (Fielder, 1979). Alem da calicreina gerar produtos com acoes vasoativas, ela tambem e considerada uma enzima importante na regulacao do fluxo sanguineo local (Orstavik et ai., 1982). Estes processos ja foram estudados e esclarecidos, embora existam muitos detalhes que ainda nao foram descobertos. Sendo assim, utilizando os mecanismos ja conhecidos para o estudo da calicreina tissular humana, desenvolvemos um estudo comparativo para as calicreinas tissulares de roedores, pois na maioria dos experimentos realizados in vivo, esses sao os animais modelo de escolha. Assim um estudo de especificidade comparativo entre estas enzimas se tornou um dos focos deste trabalho. Outro foco desse trabalho foi o estudo do sistema calicreina-cinina, do ponto de vista da interacao da calicreina tissular humana com seu inibidor proteico do tipo serpina, denominado calistatina. Para tanto, o mapeamento dos determinantes de especificidade da calicreina tissular humana foram explorados atraves do uso de substratos peptidicos sinteticos com supressao intramolecular de fluorescencia. Este estudo, associado a informacoes anteriores a cerca da especificidade desta enzima sobre sequencias derivadas do cininogenio humano, foi capaz de gerar inibidores competitivos com alta afinidade, contendo inclusive aminoacidos nao naturais em suas sequencias (Melo et al., 2001). Os resultados apresentados indicam que o centro reativo da calistatina foi capaz de servir como molde para a sintese de inibidores eficazes para a calicreina tissular humana e que pequenos peptideos, contendo em sua sequencia aminoacidos nao naturais apresentam um caminho potencial para o desenvolvimento de inibidores peptidicos especificos
Palavra-chave Calicreínas
Calicreínas Teciduais
Inibidores Enzimáticos
ENZIMAS, COENZIAS E INIBIDORES DE ENZIMAS
Idioma Português
Data de publicação 2003
Publicado em São Paulo: [s.n.], 2003. 106 p.
Publicador Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
Extensão 106 p.
Direito de acesso Acesso restrito
Tipo Dissertação de mestrado
Endereço permanente http://repositorio.unifesp.br/handle/11600/19598

Exibir registro completo




Arquivo

Arquivo Tamanho Formato Visualização

Não existem arquivos associados a este item.

Este item está nas seguintes coleções

Buscar


Navegar

Minha conta