Educação permanente de profissionais de enfermagem: concepções, necessidades, barreiras e possibilidades no treinamento admissional no âmbito hospitalar

Educação permanente de profissionais de enfermagem: concepções, necessidades, barreiras e possibilidades no treinamento admissional no âmbito hospitalar

Título alternativo Permanent Education of nursing professionals: conception, demands and possibilities in training admission in field hospital
Autor Alves, Débora Schettini da Silva Autor UNIFESP Google Scholar
Orientador Batista, Sylvia Helena Souza da Silva Autor UNIFESP Google Scholar
Instituição Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
Pós-graduação Ensino em Ciências da Saúde – São Paulo
Resumo Este estudo tem como objetivo investigar as concepções de profissionais de Enfermagem sobre educação continuada e permanente, bem como suas demadnas de formação. A investigação foi conduzida em um hospital privado, com profissionais no momento do treinamento admissional, atuantes em cenários de trabalho hospitalar em uma instituição localizada na cidade de São Paulo. Participaram dois grupos: 8 enfermeiros formadores (profissionais que atuam na capacitação de funcionários recém admitidos) e 28 enfermeiros em formação (profissionais admitidos no cenário de junho/2007 ao período final de coleta). Para seu desenvolvimento foi aplicado: questionário para o primeiro grupo e entrevistas individuais semi-estruturadas para o segundo grupo de sujeitos. O perfil dos formadores: sexo feminino, idade entre 29 à 35 anos, nível superior com especialização completa, tempo de formação e de exercício profissional no cenário em estudo de 11 à 15 anos, sendo que, de 1 à 3 anos nesta localidade, atuam na área de ensino. Entretanto os Enfermeiros em formação foram caracterizados também do gênero feminino; 20 à 30 anos; graduação em enfermagem; tempo de exercício profissional inferior à dois anos e tempo de atuação na instituição como Enfermeiro, maior que 1 ano e 1 mês. Para o tratamento dos dados, optou-se pela sistematização quantitativa para à caracterização dos sujeitos e os demais, análise qualitativa. A pesquisa revelou que na dimensão das concepções da Educação continuada, os formadores sinalizam conceitos a favor da educação em saúde. Em contra partida, o enfermeiro em formação, engloba em seu discurso alguns aspectos do ensino informativo. No tocante da Educação Permanente, os Enfermeiros formadores, em sua maioria, não reconhecem a diferenciação do processo educativo que norteiam a Educação Continuada e a Educação Permanente, tendo-as como sinônimo. Os referidos enfermeiros não esboçam clareza e nitidez do conceito. Entre as barreiras foram mencionados a indisponibilidade à aprendizagem; tempo e falta de parceria com a liderança. Os formadores expressaram necessidades de se trabalhar conteúdos que englobem os aspectos organizacionais, comportamentais e as competências profissionais. Os enfermeiros em formação, por sua vez, expressaram carência de aprendizado em relação aos protocolos institucionais e procedimentos específicos de enfermagem. Na dimensão das possibilidades de Educação permanente no treinamento admissional, a parceira entre a liderança, enfermeiro formador e recém admitido. Ainda nessa perspectiva, julgam conveniente a aproximação do cenário de prática, afim de identificar as necessidades e individualizar as ações educativas para cada profissional. Esta pesquisa abre novas indagações e possibilidades de ações e estratégias educativas do processo de trabalho em cenários hospitalares, vinculados ao treinamento admissional. Projeta-se ações em direção à uma abordagem crítica, reflexiva, construtivista e centrada no processo de trabalho, visando possibilitar movimentos dinâmicos na produção do saber e a favor da educação permanente
Palavra-chave Educação Continuada em Enfermagem
Capacitação
Recursos Humanos de Enfermagem no Hospital
Idioma Português
Data de publicação 2009
Publicado em ALVES, Débora Schettini da Silva. Educação permanente de profissionais de enfermagem: concepções, necessidades, barreiras e possibilidades no treinamento admissional no âmbito hospitalar. 2009. 119 f. Dissertação (Mestrado Profissional em Ensino em Ciências da Saúde) - Escola Paulista de Enfermagem, Universidade Federal de São Paulo. São Paulo, 2009.
Publicador Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
Direito de acesso Acesso aberto Open Access
Tipo Dissertação de mestrado
Endereço permanente http://repositorio.unifesp.br/handle/11600/19447

Exibir registro completo




Arquivo

Nome: Tese-19447.pdf
Tamanho: 1.716MB
Formato: PDF
Descrição:
Abrir arquivo

Este item está nas seguintes coleções

Buscar


Navegar

Minha conta