Pesquisas de mutacoes na regiao codificadora do gene QM em pacientes com falencia ovariana prematura e disgenesia gonodal pura

Pesquisas de mutacoes na regiao codificadora do gene QM em pacientes com falencia ovariana prematura e disgenesia gonodal pura

Título alternativo Analysis of polymorphisms in the QM gene in patients with premature ovarian failure and pure gonadal dysgenesis
Autor Costa, Ana Maria Massad Autor UNIFESP Google Scholar
Resumo Estudos mais detalhados do cromossomo X vem sendo realizados e algumas alteracoes, como translocacoes e delecoes, foram detectadas e estariam associadas a perda da funcao endocrina das gonadas antes dos 40 anos. Inumeros genes passaram a ser avaliados, principalmente aqueles que se encontravam no cromossomo X, mais precisamente em seu braco longo, nas regioes entao denominadas POF1 (Xq26-ter) e POF2 (Xq13.3-21.3). O gene QM pertence ao segmento POF1. Pesquisas com celulas animais mostraram ser um importante gene supressor de tumor. A associacao dessas duas caracteristicas e a possibilidade de ocorrerem alteracoes estruturais nesse gene, despertou nosso interesse em analisa-lo em pacientes com a falencia ovariana prematura e disgenesia gonadal pura. Propusemo-nos, pois, a analisar, por meio de tecnicas biomoleculares, a presenca de mutacoes na regiao codificadora do gene QM em pacientes com diagnostico de falencia ovariana prematura e disgenesia gonadal pura Estudaram-se 37 pacientes, atendidas no Setor de Ginecologia Endocrina do Departamento de Ginecologia da Universidade Federal de São Paulo - Escola Paulista de Medicina (UNIFESP-EPM), das quais 23 tinham diagnostico de falencia ovariana prematura e 14 de disgenesia gonadal pura. Todas possuiam idade inferior a 40 anosa fenotipo feminino; amenorreia primaria ou secundaria (de, no minimo, seis meses de duracao); cariotipo 46, XX e niveis sericos de hormonio foliculo-estimulante (FSH) superiores a 30 UIImL. As pacientes autorizaram a coleta de 10mL de sangue que foi acondicionado em freezer a -80°C. A seguir, realizamos extracao de DNA, reacao da polimerase em cadeia (PCR) para o gene QM e analise de single strand conformation polymorphism (SSCP). Uma paciente, a de numero 4, apresentou padrao de migracao eletroforetica diferente das demais. Nessa amostra foi realizado o sequenciamento automatico do DNA. Todas as amostras das pacientes com falencia ovariana prematura sofreram analise do gene da sindrome do X fragil realizada no J. C. Self Research Institute of Human Genetics (1 Gregor Mendel Circle - Greenwood - South Carolina 29646), pelo Dr. Charles E. Schwartz. Encontramos total de cinco pontos de mutacao na regiao codificadora do gene QM em paciente com falencia ovariana prematura. Em quatro dessas mutacoes, as alteracoes de nucleotideos levou tambem a troca de aminoacidos na proteina QM propriamente ditaa(au)
Palavra-chave Menopausa Precoce
DISGENESIA GONODAL
Genes Supressores de Tumor
Análise Mutacional de DNA
Idioma Português
Data de publicação 2003
Publicado em São Paulo: [s.n.], 2003. 78 p.
Publicador Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
Extensão 78 p.
Direito de acesso Acesso restrito
Tipo Tese de doutorado
Endereço permanente http://repositorio.unifesp.br/handle/11600/19395

Exibir registro completo




Arquivo

Arquivo Tamanho Formato Visualização

Não existem arquivos associados a este item.

Este item está nas seguintes coleções

Buscar


Navegar

Minha conta