Função miocárdica regional em uma população assintomática para doença cardiovascular em sua relação com função global e volumes do ventrículo esquerdo: um estudo com ressonância magnética cardíaca pela técnica “tagging”

Função miocárdica regional em uma população assintomática para doença cardiovascular em sua relação com função global e volumes do ventrículo esquerdo: um estudo com ressonância magnética cardíaca pela técnica “tagging”

Título alternativo Regional myocardial function in a asymptomatic population for cardiovascular disease and its relationship with global function and volumes of the left ventricle. A study with cardiac magnetic resonance with otagging
Autor Fernandes, Veronica Rolim Sales Autor UNIFESP Google Scholar
Orientador Campos Filho, Orlando Autor UNIFESP Google Scholar
Resumo Fundamentos: A insuficiência cardíaca é um das causas mais importantes de morbidade e mortalidade no Brasil e no mundo Uma avaliação detalhada da função miocárdica regional em uma ampla população de indivíduos assintomáticos para doença cardiovascular poderá fornecer informações necessárias para melhor entendimento do processo fisiopatológico em uma fase inicial e latente de insuficiência cardíaca. Um dos aspectos ainda não esclarecidos é a relação entre indicadores da função miocárdica regional com função global e volumes do ventrículo esquerdo (VE) nestes indivíduos. A ressonância magnética (RM) cardíaca pela técnica de marcadores miocárdicos (―tagging”) permite a análise de índices regionais. sistólicos e diastólicos em diversas áreas do VE. Objetivos: Estudar o comportamento de índices de função miocárdica regional representados pelo ―strain‖ sistólico circunferencial (Ecc) e ―strain rate‖ circunferencial sistólico (SRS) e diastólico (SRE) em diferentes áreas do VE em uma grande população multi-racial de indivíduos assintomáticos para doença cardiovascular, de ambos os sexos,. com uma ampla faixa etária, pela técnica de RM cardíaca ―tagging―estabelecendo parâmetros de referência; e analisar as relações destes índices de função miocárdica regional com função global e. volumes do VE. Pacientes e Métodos: Foram analisados 1100 pacientes assintomáticos para doença cardiovascular, derivados do estudo multicêntrico prospectivo longitudinal MESA (―Multi-Ethnic. Study of Atherosclerosis”), 54% do sexo masculino, idade média de 66 anos (45 - 85), sendo 33% caucasianos, 30% hispânicos, 28% afro-americanos e 9% sino-americanos. Todos foram submetidos à. avaliação clínica, laboratorial, eletrocardiograma e exame de RM cardíaca pela técnica ―tagging”. Utilizaram-se aparelhos de RM de 1.5 Tesla, obtendo-se imagens dinâmicas do eixo curto. (transversal). Linhas de marcadores miocárdicos (―tags”) foram geradas usando o método de sequência de pulso de gradiente eco com SPAMM (spatial modulation of magnetization) envolvendo três regiões do VE (basal, média e apical) O método “harmonic phase” (―HARP‖) foi usado..
Palavra-chave Doenças cardiovasculares
Ventrículos do coração
Espectroscopia de ressonância magnética
Idioma Português
Data de publicação 2006
Publicado em São Paulo: [s.n.], 2006. 107 p.
Publicador Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
Extensão 107 p.
Direito de acesso Acesso restrito
Tipo Tese de doutorado
Endereço permanente http://repositorio.unifesp.br/handle/11600/19278

Exibir registro completo




Arquivo

Arquivo Tamanho Formato Visualização

Não existem arquivos associados a este item.

Este item está nas seguintes coleções

Buscar


Navegar

Minha conta