Tradução, adaptação cultural e validação do instrumento the skin cancer index

Tradução, adaptação cultural e validação do instrumento the skin cancer index

Título alternativo Translation, cultural adaptation and validation of the instrument the skin cancer index
Autor Carvalho, Marcelo Prado de Autor UNIFESP Google Scholar
Orientador Santos, Ivan Dunshee de Abranches Oliveira Autor UNIFESP Google Scholar
Instituição Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
Pós-graduação Ciência, Tecnologia e Gestão Aplicadas à Regeneração Tecidual – São Paulo
Resumo Introdução: O câncer de pele do tipo não melanoma apresenta uma incidência crescente em todo o mundo, causando um importante problema para a saúde pública. Pelas repercussões psicológicas, físicas e sociais que afetam os pacientes com câncer de pele não melanoma e pela necessidade de se avaliar os benefícios das modalidades de tratamento, torna-se importante disponibilizar para o Brasil, um instrumento específico para avaliação da qualidade de vida destes pacientes. Objetivo: Traduzir para a língua portuguesa, adaptar para a cultura brasileira e realizar a validação do instrumento The Skin Cancer Index. Métodos: The Skin Cancer Index é um instrumento específico composto por 15 itens divididos em três subescalas: emocional, social e a aparência. Foram realizadas a tradução, a adaptação cultural e testadas a consistência interna do instrumento, a reprodutibilidade e a validade de construção. Resultados: Nas etapas de tradução e adaptação cultural, três questões foram modificadas. Na consistência interna para as subescalas emocional, social e a aparência foram respectivamente de 0,78, 0,82 e 0,74. Na fase reprodutibilidade, a correlação linear de Pearson e o coeficiente de correlação intraclasse no primeiro momento foi de 0,991 e 0,984 e no segundo momento foi de 0,96 e 0,94. Na fase de validade de construção houve correlação do The Skin Cancer Index com o Short Form -12. Conclusão: The Skin Cancer Index foi traduzido e adaptado para a cultura brasileira e validado para avaliação da qualidade de vida de pacientes com câncer de pele não melanoma.
Palavra-chave Carcinoma basocelular
Carcinoma de células escamosas
Neoplasias cutâneas
Qualidade de vida
Questionários
Idioma Português
Data de publicação 2010
Publicado em CARVALHO, Marcelo Prado de. Tradução, adaptação cultural e validação do instrumento: “the skin cancer index”. 2010. 192 f. Tese (Doutorado em Ciências) - Escola Paulista de Medicina, Universidade Federal de São Paulo. São Paulo, 2010.
Publicador Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
Extensão 193 p.
Direito de acesso Acesso aberto Open Access
Tipo Tese de doutorado
Endereço permanente http://repositorio.unifesp.br/handle/11600/19050

Exibir registro completo




Arquivo

Nome: Tese-12294.pdf
Tamanho: 2.415MB
Formato: PDF
Descrição:
Abrir arquivo

Este item está nas seguintes coleções

Buscar


Navegar

Minha conta