Mecanismos de infeccao por formas metaciclicas do Trypanosoma cruzi deficientes na expressao de molecula de superficie gp82

Mecanismos de infeccao por formas metaciclicas do Trypanosoma cruzi deficientes na expressao de molecula de superficie gp82

Título alternativo Mechanism of infection by Trypanosoma cruzi metaciclic forms deficient in expression surface molecule gp82
Autor Cortez Veliz, Mauro Javier Autor UNIFESP Google Scholar
Resumo Tem sido descrito que, apos infeccao oral, tripomastigotas metaciclicos de Trypanosoma cruzi invadem e replicam no epitelio da mucosa gastrica. Neste trabalho, analisamos o processo de infeccao por isolados de T. cruzi gp82-deficientes, a glicoproteina de superficie estagio-especifica implicada na invasao da celula alvo in vitro e na promocao da infeccao da mucosa em camundongos apos desafio oral. Camundongos infectados pelas formas metaciclicas dos isolados gp82-deficientes, 569 e 588, apresentaram uma parasitemia patente, mas em niveis muito mais reduzidos, quando comparados ao isolado CL que expressa gp82. Formas metaciclicas de ambos os isolados expressam gp30, uma glicoproteina de superficie detectavel por anticorpo monoclonal 3F6 dirigido contra gp82. Os isolados gp82-deficientes expressam um perfil de moleculas de superficie similar ao do isolado CL, e entram nas celulas HeLa em niveis comparaveis ao isolado CL, sendo a invasao inibida pelo anticorpo monoclonal 3F6. Do mesmo modo que o isolado CL, a interacao dos isolados gp82-deficientes com a celula hospedeira aciona a via de sinalizacao que envolve ativacao de proteina tirosina quinase (PTK) e mobilizacao de Ca 2+ de compartimentos sensiveis a tapsigargina. Assim como a gp82, gp30 induz a mobilizacao de Ca2+ da celula hospedeira requerida para a internalizacao do parasita. Gp30 purificada e a proteina recombinante da gp82 inibiram a invasao de celulas HeLa por formas metaciclicas dos isolados 569 e 588 em -90 por cento e -70 por cento respectivamente. Ensaios de invasao celular feitos na presenca de mucina gastrica, mimetizando a infeccao in vivo, mostraram uma inibicao de 70-75 por cento na internalizacao dos isolados gp82-deficientes, mas nao na do isolado CL. A gp82 recombinante mostrou uma capacidade adesiva a mucina gastrica muito maior que a gp30. Atividade de tipo mucinase foi detectada no sobrenadante dos isolados CL. 569 e 588. Todos estes achados sugerem que gp30 medeia a entrada na celula hospedeira de tripomastigotas metaciclicos dos isolados gp82-deficientes, porem nao promove uma eficiente infeccao do epitelio da mucosa gastrica devido a sua deficiente interacao com mucina gastrica
Palavra-chave Trypanosoma cruzi
GLICOPROTEINA DE MEMBRANA
Idioma Português
Data de publicação 2004
Publicado em São Paulo: [s.n.], 2004. 114 p.
Publicador Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
Extensão 114 p.
Direito de acesso Acesso restrito
Tipo Tese de doutorado
Endereço permanente http://repositorio.unifesp.br/handle/11600/18964

Exibir registro completo




Arquivo

Arquivo Tamanho Formato Visualização

Não existem arquivos associados a este item.

Este item está nas seguintes coleções

Buscar


Navegar

Minha conta