Células natural Killer deciduais na regulação da produção e interleucina 10 pelo trofoblasto no período de implantação embrionária e gravidez precoce

Células natural Killer deciduais na regulação da produção e interleucina 10 pelo trofoblasto no período de implantação embrionária e gravidez precoce

Título alternativo The emerging role of decidual NK cells for regulation of trophoblast IL-10 synthesis in implantation and early pregnancy
Autor Samama, Marise Autor UNIFESP Google Scholar
Orientador Kulay Junior, Luiz Autor UNIFESP Google Scholar
Resumo Objetivo: Estudar a comunicacao entre as celulas Natural Killer deciduais (NKu) e o trofoblasto, a qual regula a producao de citoquinas do tipo Th2 pelo trofoblasto, em especial a de Interleucina 10 (IL-10). Tal comunicacao pode teoricamente ocorrer por contato celular direto, ou, mais provavelmente, por meio de fatores imunomoduladores soluveis. Metodos: Uteros de femeas de camundongo, aloimunizadas, gravidas de 8 dias, foram micro dissecados, separando-se a decidua do trofoblasto. Separaram-se as celulas trofoblasticas e linfocitarias (NKu) da decidua. Metade destas celulas foi incubada em placas de cultura transwe1® por 24 horas. No compartimento superior colocaram-se celulas deciduais e no inferior trofoblastos. A outra metade das celulas deciduais foi incubada com anticorpo anti-NK (anti-Asialo GM 1) e colocada no compartimento superior do transwell®, no inferior, colocaram-se trofoblastos. Apos 24 horas, o sobrenadante de cada compartimento foi submetido a teste de ELISA para dosagem da concentracao de IL-10. Como a producao de IL-10 foi menor no compartimento sob a acao do anticorpo, foi suposto que a regulacao da producao de IL-10 ocorre por meio de um fator imunomodulador. Na tentativa de identifica-lo, repetiu-se todo o processo utilizando-se anticorpo Anti-GM-CSF. Realizou-se novamente a dosagem da concentracao de IL-10. Repetiu-se todo o processo com Anticorpo anti-M-CSF. Como o fator nao e o GM-CSF ou o M-CSF, entao, submeteu-se o sobrenadante de cultura de celulas linfocitarias deciduais a Cromatografia Liquida de Alta Performance (HPLC) com coluna de peso molecular. As fracoes obtidas, de diferentes pesos moleculares, foram incubadas com trofoblastos. Dosou-se novamente a IL-10. Identificou-se a fracao ativa como sendo a de maior producao de IL-10 no intuito de determinar o peso molecular do fator imunomodulador soluvel. Resultados: A mediana da concentracao de IL-10 na cultura decidual depletada para celulas NKu foi 42,0 (3,0-263,0) pg/ml, na cultura decidual controle foi 94,0 (16,0- 258,0)pg/ml (p<0,001), na cultura trofoblastica depletada foi 49,5(2,0-166,0) pg/ml e na cultura trofoblastica controle foi 83,5 (8,0-217,0)pg/ml (p<0, 001). A mediana da concentracao de IL-10 na cultura decidual depletada para GM-CSF e 24,0 (1,0-67,0)pg/ml, na cultura decidual controle foi 22,0 (5,042,0) pg/ml (p=0, 783), na cultura trofoblastica depletada para GM-CSF foi 27,0 (5,074,0)pg/ml, e na cultura trofoblastica controle foi 25,0 (0-44,0) pg/ml (p=0, 208). A mediana da concentracao de IL-10 na cultura decidual depletada para M-CSF e 24,0 (17,0-47,0)pg/ml, na cultura decidual controle foi 26,0 (12,0-36,0) pg/ml (p=0,141), na cultura trofoblastica depletada para M-CSF foi 25,0 (9,0-127,0)pg/ml, e na cultura trofoblastica controle e 16,0 (894,0) pg/ml (p=0,362). As medianas da concentracao de IL-10 nas culturas de celulas trofoblasticas incubadas com fracoes 1, 2, 3, e 4 de sobrenadante linfocitario decidual separado por HPLC foram, respectivamente: 83,0* (41,0-168,0), 67,5 (14,0-149,0), 70,5 (11,0-165,0), e 58,0 (18,0-176,0)pg/ml (p<0,05*). Conclusoes: Nas culturas de celulas NK depletadas, houve reducao significativa da producao de IL-10 pelo trofoblasto e decidua. Portanto a regulacao decidua-trofoblasto nao ocorre por contato celular, e sim, por meio de um fator imunomodulador soluvel. Concluiu-se que o GM-CSF e o M-CSF nao sao responsaveis por esta regulacao. Por meio do HPLC, obteve-se 4 fracoes que foram incubadas com celulas trofoblasticas. Na cultura de trofoblastos com a fracao 1 (150 a 200 KDa), observou-se um incremento na producao de IL-10 em relacao as outras. Portanto, o fator imunomodulador em questao tem elevado peso molecular. A completa identificacao bioquimica e um desafio a ser superado
Palavra-chave CELU
As exterminadoras naturais
Interleucina-10
Implantação do Embrião
Alergia e imunologia
Idioma Português
Data de publicação 2004
Publicado em São Paulo: [s.n.], 2004. 103 p.
Publicador Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
Extensão 103 p.
Direito de acesso Acesso restrito
Tipo Tese de doutorado
Endereço permanente http://repositorio.unifesp.br/handle/11600/18942

Exibir registro completo




Arquivo

Arquivo Tamanho Formato Visualização

Não existem arquivos associados a este item.

Este item está nas seguintes coleções

Buscar


Navegar

Minha conta