Anticorpos anti-tiróide: aspectos metodológicos e importância diagnóstica

Anticorpos anti-tiróide: aspectos metodológicos e importância diagnóstica

Título alternativo Anti-thyroid antibodies: methodological aspects and diagnostic significance
Autor Vieira, José Gilberto H. Autor UNIFESP Google Scholar
Kasamatsu, Teresa S. Autor UNIFESP Google Scholar
Hauache, Omar M. Autor UNIFESP Google Scholar
Maciel, Rui Monteiro de Barros Autor UNIFESP Google Scholar
Instituição Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
Resumo Since the first publication, more than 40 years ago, laboratory tests for the presence of antibodies (Ab) to thyroid antigens (Ag) have played a pivotal position in the diagnosis of thyroid diseases. Thyroid is a common target for autoimmune diseases, hence the interest in the definition of the thyroid Ag that could be involved in the process. The first Ag to be recognized was thyroglobulin, followed by the microsomal Ag, later identified with thyroid peroxidase, the TSH receptor and, more recently, other Ag like the sodium/iodide symporter (NIS). The methodologies employed evolved from the initial hemaglutination assays, to the present use of recombinant Ag, alternative labels and transfected cells. Today the clinical uses of a test to detect the presence of Ab against thyroid Ag are very well defined. The most useful test is the detection of anti-peroxidase Ab, the test with greatest sensitivity and specificity for the presence of autoimmune thyroid diseases. The anti-thyroglobulin test is mandatory as a complement for the measurement of thyroglobulin in the follow-up of patients with differentiated thyroid cancers. The anti-TSH receptor test has its main use in the definition of the presence of Graves disease. Tests for the presence of Ab against other thyroid Ag have no clear indication at the moment. The continuous methodological developments will certainly increase the utility of tests for anti-thyroid Ab.

Desde sua descrição, há mais de 40 anos, a pesquisa de anticorpos (Ac) contra antígenos (Ag) tiroideanos tem tido papel importante no diagnóstico da patologia tiroideana. A tiróide é freqüentemente acometida por doenças autoimunes, daí o interesse pela definição dos Ag tiroideanos que podem estar envolvidos no processo. O primeiro Ag reconhecido foi a tireoglobulina, seguido do fator microssomal, mais tarde identificado como a peroxidase tiroideana, o receptor de TSH e mais recentemente outros Ag como o cotransportador de sódio e iodo (sodium/iodide symporter, NIS). As metodologias evoluíram dos ensaios iniciais por hemaglutinação até o emprego atual de Ag recombinantes, marcadores alternativos e células transfectadas. Atualmente as indicações clínicas da pesquisa de Ac anti-tiroideanos são bem definidas, sendo o de maior aplicação a pesquisa de Ac anti-peroxidase, que é o que apresenta maior especificidade e sensibilidade para a definição da presença de doença autoimune tiroideana. A pesquisa de Ac anti-tireoglobulina é fundamental como complemento da dosagem de tireoglobulina no acompanhamento de pacientes com carcinoma diferenciado de tiróide. Já a pesquisa de Ac anti-receptor de TSH tem indicação precisa na definição da presença de doença de Graves. As indicações de pesquisa de Ac contra outros Ag tiroideanos não têm, atualmente, indicações comprovadas. A contínua evolução metodológica deverá aumentar ainda mais as indicações e utilidades da pesquisa de Ac contra Ag tiroideanos.
Palavra-chave Anti-thyroid antibodies
Anti-thyroid peroxidase antibodies
Anti-thyroglobulin antibodies
Anti-TSH receptor antibodies
Anticorpos anti-tiróide
Anticorpos anti-peroxidase tiroidiana
Anticorpos anti-tireoglobulina
Anticorpos anti-receptor de TSH
Idioma Português
Data de publicação 2003-10-01
Publicado em Arquivos Brasileiros de Endocrinologia & Metabologia. Sociedade Brasileira de Endocrinologia e Metabologia, v. 47, n. 5, p. 612-621, 2003.
ISSN 0004-2730 (Sherpa/Romeo)
Publicador Sociedade Brasileira de Endocrinologia e Metabologia
Extensão 612-621
Fonte http://dx.doi.org/10.1590/S0004-27302003000500016
Direito de acesso Acesso aberto Open Access
Tipo Artigo
SciELO S0004-27302003000500016 (estatísticas na SciELO)
Endereço permanente http://repositorio.unifesp.br/handle/11600/1892

Exibir registro completo




Arquivo

Nome: S0004-27302003000500016.pdf
Tamanho: 99.34KB
Formato: PDF
Descrição:
Abrir arquivo

Este item está nas seguintes coleções

Buscar


Navegar

Minha conta