Influência das concentrações sanguíneas de ciclosporina (CSA) e sirolimus(SRL) na incidência e severidade da hiperlipidemia pós-transplante renal

Influência das concentrações sanguíneas de ciclosporina (CSA) e sirolimus(SRL) na incidência e severidade da hiperlipidemia pós-transplante renal

Título alternativo Influence of cyclosporine(CsA) and sirolimus (SRL) blood concentrations on the incidence and severity of hyperlipidemia after kidney transplantation
Autor Spinelli, Glaucio Amaral Autor UNIFESP Google Scholar
Orientador Pestana, José Osmar Medina Autor UNIFESP Google Scholar
Resumo Hiperlipidemia e um evento frequente apos o transplante renal e pode se agravar devido ao uso das drogas imunossupressoras. Neste trabalho, nos procuramos identificar a contribuicao das doses e as concentracoes das drogas para o desenvolvimento da hiperlipidemia pos-transplante em pacientes recebendo ciclosporina, sirolimus e prednisona. Metodos: Selecionamos 82 pacientes, em uso de ciclosporina e prednisona em associacao a SRL (52) ou AzA (30) durante o primeiro ano pos-transplante renal. As visitas de estudo foram realizadas no pre-transplante e nos dias 30, 60, 90, 120, 180 e 360 apos o transplante. Em cada visita foram obtidas as doses de AzA e PRED, e concentracoes sanguineas de CsA e SRL, colesterol, triglicerides e glicose. O uso de estatina para o tratamento da hiperlipidemia, tambem foi analisado. Resultados: As medias das concentracoes de colesterol e triglicerides aumentaram apos o transplante e foram altamente significantes em pacientes recebendo sirolimus, comparados aos pacientes recebendo azatioprina (p<0,001). Comparado os pacientes em uso de AzA, os pacientes que receberam SRL mostraram uma alta proporcao das concentracoes de colesterol acima de (> 229 ou >274 mg/dL) e triglicerides (> 198 ou > 282 mg/dL) no limite superior dos quartis, apesar do alto numero de pacientes em uso de estatina. Os quartis de CsA e SRL correlacionaram com as concentracoes de colesterol (p=0,001) ainda que somente o quartil de SRL mostrou uma correlacao significante com as concentracoes de triglicerides (p=0,0001). Usando a analise multivariada e regressao logistica com codigos binarios, so as concentracoes de colesterol no pre-transplante acima de 205 mg/dL foram independentemente associadas com o desenvolvimento e persistencia da hipercolesterolemia (>240 mg/dL, PR=20, Cl 3,8 u 104,6, p=0,0004. No entanto as concentracoes de triglicerides acima de 150 mg/dL (RR=7,2 Cl 1,6 u 32,4, p=0,01) ou acima de 211 mg/dL (RR=19,8, Cl 3,6 u 107,9, p=0,0006) e o uso de sirolimus (RR=3,0 Cl 1,0 u 8,8, p=0,0049) foram independentemente associados com o desenvolvimento e persistencia da hipertrigliceridemia (>200 mg/dL). Conclusao: A hipercolesterolemia persistente e mais frequente entre os pacientes com altas concentracoes de ciclosporina no pre-transplante e e dependente em ambas as concentracoes de ciclosporina e sirolimus. Por outro lado, a hipertrigliceridemia e mais frequente entre os pacientes com altas concentracoes de triglicerides no pre-transplante e se apresenta de maneira independente das concentracoes de sirolimus
Palavra-chave Hiperlipidemias
Colesterol
Triglicerídeos
Transplante de Rim
Ciclosporina
Sirolimo
Hyperlipidemias
Cholesterol
Triglycerides
Kidney Transplantation
Cyclosporine
Sirolimus
Idioma Português
Data de publicação 2004
Publicado em São Paulo: [s.n.], 2004. 114 p.
Publicador Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
Extensão 114 p.
Direito de acesso Acesso restrito
Tipo Dissertação de mestrado
Endereço permanente http://repositorio.unifesp.br/handle/11600/18889

Exibir registro completo




Arquivo

Arquivo Tamanho Formato Visualização

Não existem arquivos associados a este item.

Este item está nas seguintes coleções

Buscar


Navegar

Minha conta