Influência do hipoestrôgenismo na expressão gênica do trato urinário inferior de ratas adultas pré e pós-castração

Influência do hipoestrôgenismo na expressão gênica do trato urinário inferior de ratas adultas pré e pós-castração

Título alternativo Influence of estrogen deprivation in lower urinary tract expression genes of ovariectomized and non-ovariectomized adult rats
Autor Bortolini, Maria Augusta Tezelli Autor UNIFESP Google Scholar
Orientador Girão, Manoel João Batista Castello Autor UNIFESP Google Scholar
Resumo Introdução: A acao dos hormonios estrogenios nos tecidos urogenitais ja foi amplamente estudada e comprovada pelos achados de receptores de estrogenio na bexiga, uretra e musculatura do assoalho pelvico, bem como a associacao do hipoestrogenismo com sintomas e afeccoes uroginecologicas tao comuns em mulheres na pos-menopausa: incontinencia urinaria de esforco, incontinencia de urgencia, urgencia miccional, polaciuria e miccoes em intervalos curtos e infeccoes urinarias. No entanto, a literatura e escassa em relacionar os estrogenios e a defiCiência deste hormonio com os mecanismos de controle celular atraves da molecula de DNA e dos genes do trato urinario inferior, responsaveis pela producao das proteinas necessarias para o funcionamento do trato urinario. Objetivo: Identificar a influencia do hipoestrogenismo na expressao diferencial de genes do trato urinario inferior de ratas adultas. Material e Metodos: Utilizamos 50 ratas adultas isogenicas que foram distribuidas aleatoriamente em dois grupos de 25 animais: grupo I, ratas ooforectomizadas trinta dias antes da extracao de suas bexigas e uretras; grupo li, ratas nao ooforectomizadas, das quais foram extraidos os orgaos do trato urinario inferior. A partir de um pool de RNA total isolado das bexigas e uretras dos animais, a expressao genica diferencial entre os grupos foi analisada quantitativa, qualitativa e comparativamente pela tecnologia de cDNA microarray. Resultados: Um total de 76 genes foi identificados como diferencialmente expressos entre os grupos, sendo 26 genes superexpressos no grupo I, e 50 genes superexpressos no grupo II. Dentre eles, confirmamos por RT-PCR a expressao diferencial de 3 genes superexpressos no grupo de ratas nao ooforectomizadas: VEGF, Beta-2 Microglobulina e Citocromo c Oxidase subunidade I. Estes genes estao envolvidos em atividades de: angiogenese, como fator de crescimento vasculo-endotelial; resposta imunologica, como componente dos antigenos HLA ; metabolismo celular, como componente do complexo de respiracao celular, respectivamente. Conclusoes: A tecnologia de cDNA microarray e um importante metodo de screening genico no estudo da acao do estrogenio no trato urinario inferior. O periodo de trinta dias de deprivacao estrogenica fez diminuir a expressao dos genes VEGF, Beta-2 Microglobulina e Citocromo c Oxidase subunidade I em ratas adultas castradas. Acreditamos estar a menor expressao dos genes VEGF, B2M e COX I associada, pelo menos em parte, com o desenvolvimento de disturbios uroginecologicos, respectivamente, a incontinencia urinaria de esforco, infeccoes do trato urinario e defiCiência contratil da musculatura detrusora em mulheres na pos-menopausa
Palavra-chave Estrogênios
Genes
Bexiga urinária
Uretra
Análise de sequência com séries de oligonucleotídeos
Idioma Português
Data de publicação 2004
Publicado em São Paulo: [s.n.], 2004. 93 p.
Publicador Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
Extensão 93 p.
Direito de acesso Acesso restrito
Tipo Dissertação de mestrado
Endereço permanente http://repositorio.unifesp.br/handle/11600/18841

Exibir registro completo




Arquivo

Arquivo Tamanho Formato Visualização

Não existem arquivos associados a este item.

Este item está nas seguintes coleções

Buscar


Navegar

Minha conta