Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.unifesp.br/11600/18838
Title: Qualidade de vida e auto-estima em pacientes submetidos à ritidoplastia
Other Titles: Quality of life and self-esteem among patients submitted to rhytidoplasty
Authors: Ferreira, Lydia Masako [UNIFESP]
Alves, Marcos Chaves de Arruda [UNIFESP]
Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
Keywords: Ritidoplastia
Qualidade de Vida
Autoimagem
Cirurgia Plástica
Issue Date: 2004
Publisher: Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
Citation: ALVES, Marcos Chaves de Arruda. Qualidade de vida e auto-estima em pacientes submetidos à ritidoplastia. 2004. 109 f. Dissertação (Mestrado) - Escola Paulista de Medicina, Universidade Federal de São Paulo. São Paulo, 2004.
Abstract: No periodo de Setembro de 2002 a Dezembro de 2003, trinta e duas pacientes brancas, com ritidose facial, entre 46 e 68 anos, sem qualquer procedimento cirurgico facial previo, foram selecionadas consecutivamente, segundo lista de espera. Foram realizadas avaliacoes na fase pre-operatoria e apos dois e seis meses da cirurgia. Para avaliacao da qualidade de vida foi utilizado o questionario The Medical Outcomes Study 36-item Short-Form Health Survey (SF-36), instrumento de avaliacao de Saúde generico, composto por 36 itens que compreendem a qualidade de vida em oito dimensoes, e para avaliacao da auto-estima foi utilizada Escala de Auto-estima Rosenberg UNIFESP-EPM, instrumento especifico de avaliacao de qualidade de vida, formado por 10 questoes abrangendo um unico dominio, a auto-estima. Para o SF-36, cada dimensao foi analisada individualmente e apresentou um escore que variou de zero a 100, sendo zero o pior estado de Saúde e 100 o melhor. Para a escala de auto-estima, apenas um valor era obtido e que variou de zero a 30, sendo zero o melhor estado de auto-estima e 30 o pior. A analise inferencial foi realizada atraves da Analise de Variancia em Blocos. sendo complementada pelo metodo de Bonferroni. A ritidoplastia promove alteracoes positivas tanto na esfera fisica, quanto psicologica e social das pacientes. Alteracoes positivas significantes foram obtidas em quatro dos oito aspectos avaliados pelo SF-36, e o escore medio da escala de auto-estima passou de 6,62 no pre-operatorio para 2,13 no sexto mes pos-operatorio. No presente estudo, o SF-36 e a Escala de Auto-estima Rosenberg UNIFESP-EPM mostraram-se validos para avaliar o estado de Saúde das pacientes com ritidose facial e detectar mudancas positivas na qualidade de vida destas mesmas pacientes apos a ritidoplastia
URI: http://repositorio.unifesp.br/handle/11600/18838
Appears in Collections:Dissertação de mestrado

Files in This Item:
File SizeFormat 
Tese-8552.pdf2.61 MBAdobe PDFView/Open    Request a copy


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.