O transplante renal sob a otica das criancas portadoras de insufiCiência renal cronica em tratamento dialitico

O transplante renal sob a otica das criancas portadoras de insufiCiência renal cronica em tratamento dialitico

Título alternativo The renal transplanter under the optics of the carrying children of chronic renal insufficience in dialitico treatment: study of case
Autor Setz, Vanessa Grespan Autor UNIFESP Google Scholar
Resumo Deve-se buscar entender o que seja doenca cronica e suas implicacoes para o cotidiano da crianca portadora da doenca e seus familiares. Assim, parte-se do principio que, por definicao, a doenca cronica nao pode ser curada e que a cura almejada pode se transformar em um mito perigoso, que compromete todo o processo de desenvolvimento normal da 1 ' crianca. Colocar a cura como meta unica de vida pode transforma-la numa barreira para buscar outras alternativas de viver com qualidade. Dentre as doencas cronicas, este estudo e direcionado para a problematica de criancas com insufiCiência renal cronica. Os objetivos deste estudo sao compreender o significado do transplante renal para as criancas em tratamento dialitico e conhecer as expectativas dessas criancas em relacao ao transplante renal. 0 referencial teorico utilizado e pautado nos estudos de Maveroff (1971) sobre a teoria do cuidado. Essa teoria possibilitou tornar os componentes do relacionamento humano mais claros o que auxiliou ativamente na construcao do cuidado. As tecnicas para a coleta de dados foram: a entrevista com roteiro semi-estruturado e a Tecnica Projetiva, mais especificamente o Desenho-Estoria com tema, instrumento este consolidado por Trinca (1987). Foram 15 os sujeitos do estudo, destes 12 estao na faixa etaria de 6 a 12 anos e 3 com idade entre 15 e 16 anos, em tratamento dialitico. As categorias apreendidas emergiram da experiencia das criancas e sao: Construindo o conhecimento sobre o transplante; Buscando entender a espera pelo transplante; Criando expectativas de mudancas; Em contato com a frustracao e Desvelando os sentimentos atraves dos desenhos. Observando os desenhos percebe-se a semelhanca que existe entre eles. Os medos, sonhos, desejos, expectativas, esperancas, sentimentos e angustias expressos pelos sujeitos sao os mesmos, a maneira como se sentem diante do tratamento dialitico e do transplante renal e o modo como se veem perante as pessoas e a vida foram expressos atraves dos desenhos e das cores utilizadas e confirmadas pelas entrevistas. A possibilidade de transplante renal representa uma esperanca de alivio dos rigores da dialise e das restricoes dieteticas, a possibilidade de melhor qualidade de vida, maior sobrevida para viver, crescer e se desenvolver como criancas e adolescentes normais. E com a perspectiva de mudanca em suas vidas, de ocurao, que o transplante renal e visto pelos sujeitos. Os profissionais de Saúde veem o transplante renal como uma opcao de tratamento e nao como oa cura definitivao da doenca renal visto que ela nao existe. Assim, compreender qual o significado que assume a realizacao do transplante renal, para a crianca portadora de doenca cronica, e fator importante para incremento do processo educativo quanto ao que ela pode e deve esperar de mudanca ou nao em sua vida, com a realizacao de tal tratamento
Palavra-chave Criança
Transplante de Rim
Enfermagem Pediátrica
Insuficiência Renal Crônica
Idioma Português
Data de publicação 2004
Publicado em São Paulo: [s.n.], 2004. 160 p.
Publicador Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
Extensão 160 p.
Direito de acesso Acesso restrito
Tipo Dissertação de mestrado
Endereço permanente http://repositorio.unifesp.br/handle/11600/18831

Exibir registro completo




Arquivo

Arquivo Tamanho Formato Visualização

Não existem arquivos associados a este item.

Este item está nas seguintes coleções

Buscar


Navegar

Minha conta