Esterilização tubária com adesivo cirúrgico sintético: estudo experimental

Esterilização tubária com adesivo cirúrgico sintético: estudo experimental

Título alternativo Tubal sterilization with synthetic surgical adhesive: experimental study
Autor Rivoire, Henri Chaplin Google Scholar
Fagundes, Djalma José Autor UNIFESP Google Scholar
Taha, Murched Omar Autor UNIFESP Google Scholar
Novo, Neil Ferreira Autor UNIFESP Google Scholar
Juliano, Yara Autor UNIFESP Google Scholar
Instituição FURG-RS Departamento de Cirurgia
Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
Resumo BACKGROUND: Study of the patency of the uterine tube of rabbits submitted to the transvaginal approach application of n-butyl-2-cyanoacrylate. METHODS: Twenty rabbits were used (Orictolagus cuniculus) of the lineage New Zealand, distributed in two groups, 1 (control) and 2 (try). Control group was submitted to the technique for sterilization through the method proposed by Pomeroy and the group experiment had the application of 0,25mL of the surgical adhesive n-butyl-2-cyanoacrylate in the isthmus of uterine tube, via transvaginal. After four weeks and four time mated and the clinical diagnosis of gestation appearance, they were submitted to three patency tests: histerosalpingography (in vivo), patency test with color metilen blue (in vitro) and test of breaking pressure (in vitro). Digital computerized morfometry was accomplished to measure the diameter of tubes, mucous membrane and miosalpinx. RESULTS: The results showed leak in only one uterine tube of the group 2, although the sticker was present in the isthmus of uterine tube. Statistical significancy was shown by the morfometry that showed increase in the measures of the diameter tube, of mucous membrane and of miosalpinx, that we considered to be for the presence of the polymeric formed by the adhesive, not cellular damages. CONCLUSIONS: We concluded that the application n-butyl-2-cyanoacrylate of transvaginal route in the uterine tubes of rabbits is so effective for sterilization as the method of Pomeroy.

OBJETIVO: Estudar a perviedade da tuba uterina de coelhas submetidas a aplicação endotubária pela via transvaginal de n-butil-2-cianoacrilato. MÉTODO: Vinte coelhas (Orictolagus cuniculus) da linhagem Nova Zelândia foram distribuídas em dois grupos, 1 (controle) e 2 (experimento). O grupo controle foi submetido a técnica operatória para esterilização pelo método proposto por Pomeroy e o grupo experimento teve a aplicação de 0,25mL do adesivo cirúrgico n-butil-2-cianoacrilato no lúmen tubário por via transvaginal. Após quatro semanas e quatro acasalamentos e o diagnóstico clínico da presença de gestação, foram submetidos a três testes de perviedade: histerossalpingografia (in vivo), teste de perviedade com corante azul de metileno (in vitro) e teste de pressão de rompimento (in vitro). Foi realizada a morfometria computadorizada digitalizada para medir o diâmetro tubário, a mucosa e o miossalpinge. RESULTADOS: Houve vazamento em somente uma tuba uterina do grupo 2, embora o adesivo estivesse presente no lúmen tubário, o que foi não significante estatisticamente. Apresentou significância estatística a morfometria, que mostrou aumento nas medidas do diâmetro tubário, da mucosa e do miossalpinge, que consideramos ser pela presença do polímero formado pelo adesivo, não havendo danos celulares. CONCLUSÕES: Concluímos que a aplicação transvaginal de n-butil-2-cianoacrilato no lúmen tubário de coelhas é tão eficaz para esterilização quanto o método de Pomeroy.
Palavra-chave Fallopian tubes
Sterilization, tubal
Tissue adhesives
Cyanoacrylates
Rabbits
Tubas uterinas
Esterilização tubária
Adesivos teciduais
Cianoacrilatos
Coelhos
Idioma Português
Data de publicação 2003-10-01
Publicado em Revista do Colégio Brasileiro de Cirurgiões. Colégio Brasileiro de Cirurgiões, v. 30, n. 5, p. 337-343, 2003.
ISSN 0100-6991 (Sherpa/Romeo)
Publicador Colégio Brasileiro de Cirurgiões
Extensão 337-343
Fonte http://dx.doi.org/10.1590/S0100-69912003000500003
Direito de acesso Acesso aberto Open Access
Tipo Artigo
SciELO S0100-69912003000500003 (estatísticas na SciELO)
Endereço permanente http://repositorio.unifesp.br/handle/11600/1882

Exibir registro completo




Arquivo

Nome: S0100-69912003000500003.pdf
Tamanho: 44.70KB
Formato: PDF
Descrição:
Abrir arquivo

Este item está nas seguintes coleções

Buscar


Navegar

Minha conta