Gastropatia hipertensiva portal em portadores de cirrose hepatica

Gastropatia hipertensiva portal em portadores de cirrose hepatica

Título alternativo Portal hypertensive gastropathy in patients with hepatic cirrhosis: an endoscopic, morphologic and hemodynamic approach
Autor Curvelo, Lilian Amorim Autor UNIFESP Google Scholar
Resumo Introdução: A gastropatia hipertensiva portal (GHP) e uma complicacao da sindrome da hipertensao portal, caracterizada por alteracoes microscopicas na mucosa gastrica associada a ectasia vascular da mucosa e submucosa gastrica, sem alteracoes histologicas significativas de inflamacao. Ate o momento, nao existe um padrao ouro de diagnostico e nem uma definicao consensual para esta doenca, acarretando desta maneira, grandes variacoes na sua prevalencia e nos relatos de sangramentos agudos e cronicos decorrentes desta doenca. A sua patogenese nao esta estabelecida, acredita-se que seja multifatorial, envolvendo tanto elevacoes na pressao portal, quanto alteracoes do fluxo sanguineo na mucosa gastrica e no mecanismo de regulacao do tonus vascular. Objetivos: Comparar a prevalencia de gastropatia hipertensiva portal em portadores de cirrose hepatica e hipertensao portal, atraves de dois metodos diagnosticos, endoscopico e histologico, e avaliar a influencia de fatores hemodinamicos (portal e sistemico), humorais e da funcao hepatocelular no seu desenvolvimento ou gravidade. Casuistica e Metodos: Foram selecionados para o estudo, pacientes cirroticos com hipertensao portal, analisando-se a mucosa gastrica pelo metodo endoscopico (classificacao de McCormack, 1985) e histologico (convencional com hematoxilina-eosina e histomorfometria). Em todos os pacientes foi realizado estudo hemodinamico (portal e sistemico) dosagem serica de glucagon (tecnica de radioimunoensaio) e funcao hepatocelular (classificacao de Child-Pugh). O grupo controle para avaliacao histologica, foi composto de pacientes dispepticos com endoscopia digestiva alta normal. Os testes estatisticos utilizados foram: Quiquadrado, teste t de Student, Mann-Whitney, teste de concordancia Kappa ou McNemar. Resultados: Foram estudados 46 pacientes e 12 controles. As variaveis estudadas foram: idade, genero, etiologia, pressao portal, indice de resistencia vascular sistemica, classificacao de Child-Pugh e hemoglobina, nao havendo diferenca estatistica significante entre elas com a presenca ou gravidade da GHP. Nao houve concordancia estatistica significante entre os metodos utilizados para o diagnostico da GHP. Conclusoes: A prevalencia de GHP neste estudo, pelo metodo endoscopico, histologico convencional e pela histomorfometria foi de, 93,4 por cento, 30,4 por cento e 76,1 por cento, respectivamente. Nao encontramos associacao entre a vasodilatacao periferica, avaliada pelo indice de resistencia vascular sistemica e concentracao serica de glucagon, pressao portal, avaliada atraves do gradiente de pressao na veia supra-hepatica, funcao hepatocelular avaliada atraves da classificacao de Child-Pugh, com a presenca ou gravidade da gastropatia hipertensiva portal
Palavra-chave Gastropatias
Hipertensão Portal
Cirrose Hepática
Hemodinâmica
Idioma Português
Data de publicação 2004
Publicado em São Paulo: [s.n.], 2004. 135 p.
Publicador Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
Extensão 135 p.
Direito de acesso Acesso restrito
Tipo Tese de doutorado
Endereço permanente http://repositorio.unifesp.br/handle/11600/18789

Exibir registro completo




Arquivo

Arquivo Tamanho Formato Visualização

Não existem arquivos associados a este item.

Este item está nas seguintes coleções

Buscar


Navegar

Minha conta