Efeitos do cafe filtrado e do cafe fervido sobre o perfil lipidico e a lipoperoxidacao em pacientes hipercolesterolemicos

Mostrar registro simples

dc.contributor.author Costa, Rosana Perim [UNIFESP]
dc.date.accessioned 2015-12-06T23:03:10Z
dc.date.available 2015-12-06T23:03:10Z
dc.date.issued 2004
dc.identifier.citation São Paulo: [s.n.], 2004. 106 p.
dc.identifier.uri http://repositorio.unifesp.br/handle/11600/18785
dc.description.abstract Objetivo: Em decorrencia da grande apreciacao do cafe pela populacao brasileira, dos diferentes modos de prepara-lo e das controversias sobre seu papel metabolico nas doencas cardiovasculares, este estudo teve como objetivo avaliar se o modo de preparo do cafe, alem das modificacoes sugeridas pelo Programa Nacional de Educacao sobre o Colesterol, poderia modificar o perfil lipidico e a lipoperoxidacao em pacientes hipercolesterolemicos. Metodos: Foi realizado um estudo randomizado, cruzado, em 60 pacientes ambulatoriais, com elevacao da colesterolemia, submetidos a dieta TLC-ATPIII (Programa Nacional de Educacao sobre o Colesterol) durante seis semanas. Apos essa orientacao nutricional, os pacientes foram randomizados para receber inicialmente 250 ml de cafe filtrado ou de cafe fervido e preparado em coador de pano, durante seis semanas. Na serie seguinte de seis semanas, o esquema foi invertido entre os grupos. Foram obtidas amostras de sangue apos cada periodo de intervencao (basal, semana 6 e semana 12) para avaliacao do perfil lipidico, lipoperoxidacao (FOX2) e exames bioquimicos gerais. Foram tambem obtidos os genotipos da ApoE (PCR-RFLP). Resultados: Apesar de nao haver diferencas quantitativas nos componentes da dieta nos varios periodos de tratamento, houve reducao do peso corporal (dieta = 66,1 ± 1,5 kg, filtro = 65,7 ± 1,5 kg, pano = 65,8 ± 1,4 kg; p = 0,05, dieta > filtro e pano, ANOVA-Tukey), do indice de massa corporal (dieta = 27,0 ± 0,5 kg/m2, filtro = 26,8 ± 0,5 kg/m2, pano = 26,8 ± 0,5 kg/m2; p = 0,005, dieta > filtro e pano, ANOVA-Tukey) e da circunferencia abdominal (dieta = 87,5 ± 1,4 cm; filtro = 86,2 ± 1,4 cm; pano = 86,3 ± 1,4 cm; p = 0,001, dieta > filtro e pano, ANOVA-Tukey). 0 consumo do cafe filtrado ou do cafe fervido nao alterou os valores do perfil lipidico, da glicemia e das enzimas hepaticas. Houve, entretanto, reducao dos valores obtidos para a lipoperoxidacao, medida pelo FOX2, apos o consumo de cafe filtrado ou de cafe fervido (dieta = 7,3 ± 0,9 &#61549;M, filtro = 2,85 ± 0,6 &#61549;M, pano = 2,49 ± 0,4 &#61549;M; p < 0,005, dieta > filtro e pano, ANOVA-Tukey). Os genotipos da apolipoproteina E nao afetaram os resultados. Conclusoes: O consumo de quantidades moderadas de cafe em seu preparo mais tradicional nao modificou o perfil lipidico, mas reduziu o peso corporal, a circunferencia abdominal, o indice de massa corporal e a lipoperoxidacao pt
dc.format.extent 106 p.
dc.language.iso por
dc.publisher Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
dc.rights Acesso restrito
dc.subject Café pt
dc.subject Colesterol pt
dc.subject Nutrição em Saúde Pública pt
dc.subject Peroxidação de Lipídeos pt
dc.title Efeitos do cafe filtrado e do cafe fervido sobre o perfil lipidico e a lipoperoxidacao em pacientes hipercolesterolemicos pt
dc.title.alternative Effects of filtered coffee and boiled coffee on lipid profile and lipoperoxidation in hypercholesterolemic patients en
dc.type Dissertação de mestrado
dc.identifier.file epm-019579.pdf
dc.description.source BV UNIFESP: Teses e dissertações
unifesp.campus Universidade Federal de São Paulo, Escola Paulista de Medicina pt



Arquivos deste item

Arquivos Tamanho Formato Visualização

Não existem arquivos associados a este item.

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(s)

Mostrar registro simples