Comparação do ambiente familiar de dependentes de álcool e/ou outras drogas, avaliado pela escala do ambiente familiar(FES - Family Enviroment Scale)

Comparação do ambiente familiar de dependentes de álcool e/ou outras drogas, avaliado pela escala do ambiente familiar(FES - Family Enviroment Scale)

Título alternativo Comparison of the family environment of alcohol and/or other drugs dependent patient, evaluate by de (FES - Family Environment Scale)
Autor Vianna, Vania Patricia Teixeira Autor UNIFESP Google Scholar
Orientador Souza-Formigoni, Maria Lucia Oliveira de Autor UNIFESP Google Scholar
Resumo Introdução: Nas areas de Saúde mental e assistencia social e de fundamental importancia a obtencao de dados a respeito do ambiente familiar, pois este pode influenciar de modo decisivo o desenvolvimento de varios disturbios e a evolucao do tratamento. A dependencia de drogas e um fenomeno que afeta nao somente o usuario, mas tambem seu sistema familiar, sendo de grande importancia o estudo e a avaliacao do funcionamento relacional de dependentes com suas familias. Objetivos: 1) a traducao e adaptacao da Escala do Ambiente Familiar (Family Environment Scale - FES) para a lingua portuguesa falada no Brasil; 2) a aplicacao do instrumento em familias brasileiras sem queixas significativas quanto ao relacionamento familiar e a comparacao dos resultados com os relatados em estudos internacionais; 3) comparar o ambiente familiar de dependentes de alcool e drogas com o de pessoas sem diagnostico de dependencia de alcool e drogas utilizando a escala de avaliacao do ambiente familiar FES; 4) comparar a avaliacao do ambiente familiar realizada pelos dependentes de substancias com a de seus familiares, utilizando a mesma escala. Foi utilizada uma amostra de conveniencia, composta por 76 familias voluntarias e 76 familias das quais faziam parte pessoas dependentes de alcool e outras drogas, que haviam procurado tratamento em servicos especializados. Resultados: Nao houve problemas significativos no entendimento da escala traduzida e adaptada, nem foram encontradas diferencas estatisticamente significativas entre a pontuacao media de homens e mulheres. Em relacao a maioria das subescalas a pontuacao media atingida na amostra brasileira foi semelhante a relatada em estudos internacionais, mas a amostra brasileira atingiu maior pontuacao nas subescalas coesao e organizacao e menor pontuacao na subescala que avalia conflito. Foram detectadas diferencas significativas entre pacientes dependentes de alcool e/ou drogas e controles na pontuacao media de seis subescalas da FES: coesao, conflito, independencia, lazer, organizacao e controle. Discussao: Estes dados confirmam os encontrados na literatura internacional, que relatam menores niveis de coesao, independencia, lazer e organizacao e niveis mais altos de conflito e controle em familias com dependentes de alcool ou drogas. Quando comparamos a visao do ambiente familiar que o paciente e seus conjuges apresentam, observamos que embora nao existam diferencas no grupo controle os pacientes consideraram existir maiores problemas nas areas de expressividade e organizacao, do que seus conjuges
Palavra-chave Família
Meio Ambiente
Transtornos Relacionados ao Uso de Substâncias
Family
Environment
Substance-Related Disorders
Idioma Português
Data de publicação 2004
Publicado em São Paulo: [s.n.], 2004. 96 p.
Publicador Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
Extensão 96 p.
Direito de acesso Acesso restrito
Tipo Dissertação de mestrado
Endereço permanente http://repositorio.unifesp.br/handle/11600/18761

Exibir registro completo




Arquivo

Arquivo Tamanho Formato Visualização

Não existem arquivos associados a este item.

Este item está nas seguintes coleções

Buscar


Navegar

Minha conta