Interacao entre o receptor AT1 da angiotensina II e o mas protoc-oncogene

Interacao entre o receptor AT1 da angiotensina II e o mas protoc-oncogene

Título alternativo Interation between the protooncogene mas product and the angiotensin II AT1 receptor
Autor Santos, Edson Lucas dos Autor UNIFESP Google Scholar
Resumo 1. Em vista de evidencias de que o mas proto-oncogene pode modular as respostas do receptor AT1 a angiotensina II (AngII), o objetivo deste trabalho foi avaliar, por meio de tecnicas de biologia molecular e ensaios farmacologicos, a possivel interacao entre os receptores AT1 e o mas. Para isso foram construidos mutantes do AT1 com alteracoes de residuos com possivel participacao num hipotetico heterodimero: (a) os residuos Cys18 e Lys20 do dominio N-terminal, sugeridos como estabilizadores de um sitio regulador na regiao extracelular do receptor AT1 (Santos e cols, 2004) sao portanto possiveis mediadores do processo de dimerizacao. (b) a Lys102, cuja substituicao por alanina promoveu a formacao de um dimero funcional com o mutante K199A (Monnot e cols. 1996). 2. O receptor AT1 selvagem e os seus mutantes K102A, C18F/K20A, bem como o mas proto-oncogene, foram expressos e co-expressos de forma correta como planejado para o desenvolvimento deste trabalho. 3. Mutacoes simultaneas (C18F/K20A), mas nao isoladas, dos residuos Cys18 e Lys20 comprometem a ligacao do receptor AT1 a AngII. 4. Celulas CHO expressando o receptor mas ou os mutantes C18F/K20A (da regiao N-terminal) e K102A (da terceira helice transmembranar) do receptor AT1, nao apresentam ligacao e resposta funcional significativa quando estimuladas com AngII. 5. A co-expressao dos receptores AT1 selvagem+mas em boa afinidade pelo agonista AngII porem em defiCiência na ativacao funcional, em comparacao com AT1 selvagem. 6. Celulas CHO co-expressando receptores K102A+mas nao apresentaram ligacao nem ativacao funcional quando estimuladas pela AngII. 7. A co-expressao dos receptores C18F/K20A+mas promove ligacao e ativacao funcional proximas as observadas para o receptor AT1 selvagem em resposta ao agonista AngII. 8. A regiao N-terminal do receptor AT1 de AngII e um importante ponto de interacao com o agonista e com outros receptores, possivelmente atraves da formacao de heterodimeros
Palavra-chave Angiotensina II
Dimerização
Mutação
Proto-Oncogenes
Idioma Português
Data de publicação 2004
Publicado em São Paulo: [s.n.], 2004. 122 p.
Publicador Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
Extensão 122 p.
Direito de acesso Acesso restrito
Tipo Tese de doutorado
Endereço permanente http://repositorio.unifesp.br/handle/11600/18754

Exibir registro completo




Arquivo

Arquivo Tamanho Formato Visualização

Não existem arquivos associados a este item.

Este item está nas seguintes coleções

Buscar


Navegar

Minha conta