Estudo das alterações oxidativas, da capacidade antioxidante total e do oxido nítrico, em ratos submetidos a isquemia e reperfusão de membros posteriores

Estudo das alterações oxidativas, da capacidade antioxidante total e do oxido nítrico, em ratos submetidos a isquemia e reperfusão de membros posteriores

Título alternativo Oxidatives alterations, total antioxidant status and nitric oxide study in rats submitted to ischemia and reperfusion of hind limbs
Autor Francisco Neto, Acacio Autor UNIFESP Google Scholar
Orientador Baptista-Silva, José Carlos Costa Autor UNIFESP Google Scholar
Resumo Objetivo: Com o objetivo de estudar o efeito do tempo da isquemia, fixando o tempo de reperfusao. sobre as alteracoes oxidativas, a capacidade antioxidante total e o oxido nitrico, quarenta ratos foram submetidos a isquemia e reperfusao de membros posteriores. Metodo: Vinte ratos foram submetidos a ligadura da aorta abdominal infra e justa renal com fio monofilamentar inabsorvivel de polipropileno 7-0. Para este procedimento foi utilizado microscopio cirurgico. Outros vinte animais pertenceram ao grupo sham. Os animais foram randomizados em 4 grupos com 10 animais em cada grupo. Grupo Sham I - laparotomia, disseccao da aorta abdominal, passagem do fio sem liga-1a, reposicionamento das alcas intestinais, fechamento da parede abdominal e tempo de espera de 1 hora. Re-operacao, retirada do fio, reperfusao por 15 minutos, eutanasia e colheita de material: sangue. musculo vastus medialis, adductor magnnus e brevis, gracilis e semitendinosus de pata posterior e rim esquerdo. Grupo Isquemia 1 - mesmo procedimento do grupo sham I mas com ligadura da aorta por 1 hora. Re-operacao, retirada da ligadura e reperfusao por 15 minutos. Eutanasia e colheita do material. Grupo sham 11 - mesma tecnica do grupo sham I mas com tempo de espera de 6 horas. Grupo Isquemia II - mesma tecnica do grupo isquemia 1 mas com tempo de isquemia de 6 horas e reperfusao de 15 minutos. A eutanasia foi realizada por guilhotina, a retirada do sangue atraves de escoamento. A retirada do musculo vastus medialis, adductor magnnus e brevis, gracilis e semitendinosus, e do rim por disseccao. Foram avaliados os parametros bioquimicos: malondialdeido (MDA) que e marcador da agressao oxidativa; a capacidade antioxidante total (TAS) que permite avaliar a defesa antioxidante e o oxido nitrico (NO) ora considerado protetor e ora considerado agressor. Resultados: Utilizou-se, para analise estatistica, o teste t de Student e teste de MANN-WHITNEYY como testes nao parametricos. Conclusoes: Concluiu-se que, variando o tempo de isquemia. houve alteracoes significantes do MDA no rim; alteracoes significantes dos TAS no musculo, rim e plasma e, o NO, mostrou-se alterada
Assunto Isquemia
Reperfusão
Radicais Livres
Estresse Oxidativo
Ratos
Idioma Português
Data 2004
Publicado em São Paulo: [s.n.], 2004. 50 p.
Editor Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
Extensão 50 p.
Direito de acesso Acesso restrito
Tipo Tese de doutorado
URI http://repositorio.unifesp.br/handle/11600/18740

Mostrar registro completo




Arquivos deste item

Arquivos Tamanho Formato Visualização

Não existem arquivos associados a este item.

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(s)