Correlacoes clinico-radiologicas da COMP(cartilage oligomeric matrix protein) em individuos com osteoartrite de joelhos

Correlacoes clinico-radiologicas da COMP(cartilage oligomeric matrix protein) em individuos com osteoartrite de joelhos

Título alternativo Clinical-radiological correlations of COMP( cartilage oligomeric matrix protein) in knee osteoadthritis
Autor Fernandes, Fatima Aparecida Autor UNIFESP Google Scholar
Resumo Objetivo: Avaliar a correlacao entre os niveis sericos do marcador de degradacao de cartilagem COMP (cartilage oligomeric matrix protein) com o quadro clinico e radiologico de pacientes com osteoartrite (OA) isolada de joelhos e individuos assintomaticos em uma amostra da populacao brasileira. Metodos: Foram avaliados 278 pacientes com dor no joelho uni ou bilateral com duracao de pelo menos 3 meses, realizado anamnese e exame fisico. Foram selecionados 86 pacientes com criterios clinicos de OA de joelhos segundo o ACR, e excluidos aqueles com outras causas de dor em joelhos e OA em outras articulacoes nao axiais; 58 individuos voluntarios assintomaticos do ponto de vista osteoarticular formaram o grupo controle. Foram realizados os questionarios de Lequesne, WOMAC, escala visual analogica de dor, radiografias dos joelhos em posicao ortostatica Anteroposterior e coleta de sangue para dosagem de COMP por ELISA. As radiografias foram classificadas por avaliador cego de acordo com o indice de Kellgren e Lawrence (KL).As correlacoes entre os indices algofuncionais, o grau radiologico e os niveis de COMP foram avaliados por metodos estatisticos apropriados. Resultados: Os niveis sericos de COMP foram maiores nos individuos com OA sintomatica em relacao aos controles e aqueles com perda de espaco articular assintomatica (p<0,0001).Pacientes com quadro clinico de OA com grau radiologic KL=0 ou 1, tiveram niveis de COMP intermediarios, significantemente maiores que grupo controle (p<0,03).Os niveis de COMP serica tambem foram significantement maiores nos individuos com KL=3 e 4 (p<0,0001). Conclusoes: Demonstrou-se que a COMP serica se eleva significativamente na OA sintomatica e radiologica e pode sugerir lesao cartilaginea em pacientes sintomatico bem selecionados clinicamente com radiologia ainda sem alteracoes significativas
Assunto Cartilagem
OSTEOARTRITE DE JOELHO
Radiologia
Marcadores Biológicos
Idioma Português
Data 2004
Publicado em São Paulo: [s.n.], 2004. 125 p.
Editor Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
Extensão 125 p.
Direito de acesso Acesso restrito
Tipo Dissertação de mestrado
URI http://repositorio.unifesp.br/handle/11600/18737

Mostrar registro completo




Arquivos deste item

Arquivos Tamanho Formato Visualização

Não existem arquivos associados a este item.

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(s)