Efeitos da estimulação neonatal e da separação materna na arquitetura do sono basal e após o estresse de frio em ratos adultos

Efeitos da estimulação neonatal e da separação materna na arquitetura do sono basal e após o estresse de frio em ratos adultos

Título alternativo Effects of early handling and maternal separation on baseline and cold stress-induced sleep pattern in adult rats
Autor Tiba, Paula Ayako Autor UNIFESP Google Scholar
Orientador Suchecki, Deborah Autor UNIFESP Google Scholar
Resumo Eventos adversos na infancia resultam em alteracao da resposta do eixo hipotalamohipofise-adrenal ao estresse. O impacto de niveis elevados de ACTH e corticosterona no sono e bem conhecidos. O presente estudo procurou avaliar o padrao de sono basal e apos o estresse de frio em animais submetidos a estimulacao neonatal (15 mm/dia separados da mae) e a separacao materna (180 min/dia distantes da mae), comparados aos animais controle nao manipulados. As manipulacoes foram realizadas entre os dias 2 e 14 de vida, e o padrao de sono foi avaliado nos animais machos adultos. Apos a recuperacao da cirurgia de implante de eletrodos no cortex cerebral e no musculo do pescoco, o sono basal dos animais foi registrado durante 22h (tendo inicio as 09:00 h). No dia seguinte, os ratos foram expostos ao estresse de frio (lh a 4°C) e o sono foi novamente registrado por outras 22h. Animais separados da mae apresentaram mais sono paradoxal na situacao basal, em comparacao com os grupos estimulacao neonatal e controle. Em resposta ao estresse de frio, todos os grupos apresentaram uma resposta hormonal semelhante, com picos de concentracao plasmatica imediatamente apos o termino da exposicao ao estressor. Da mesma forma, todos os grupos apresentaram rebote de sono durante o periodo escuro do ciclo claro-escuro. Estes resultados indicam que a separacao materna durante a infancia resulta em uma arquitetura distinta do sono basal, refletida por aumento de tempo despendido em sono paradoxal. As discrepancias entre os resultados encontrados neste trabalho e os descritos na literatura quanto a atividade do eixo hipotalamo-hipofise-adrenal sao discutidas em termos do impacto destas manipulacoes no comportamento materno voltado para os filhotes e das diferentes linhagens de ratos
Palavra-chave Estresse Fisiológico
Sono
Privação Materna
Stress, Physiological
Sleep
Maternal Deprivation
Idioma Português
Data de publicação 2004
Publicado em São Paulo: [s.n.], 2004. 66 p.
Publicador Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
Extensão 66 p.
Direito de acesso Acesso restrito
Tipo Dissertação de mestrado
Endereço permanente http://repositorio.unifesp.br/handle/11600/18708

Exibir registro completo




Arquivo

Arquivo Tamanho Formato Visualização

Não existem arquivos associados a este item.

Este item está nas seguintes coleções

Buscar


Navegar

Minha conta