Placa estabilizadora para o tratamento da disfuncao temporomandibular

Placa estabilizadora para o tratamento da disfuncao temporomandibular

Título alternativo Stabilization splint for temporomandibular disorder treatment: acritical analysis
Autor Goncalves, Jorge Luis Hypolito Autor UNIFESP Google Scholar
Resumo Objetivo: O objetivo deste trabalho e avaliar o emprego da placa interoclusal de estabilizacao para o tratamento da disfuncao temporomandibular, suas vantagens, desvantagens e evidencias da eficacia clinica, atraves da revisao sistematica da literatura. Metodo: A pesquisa bibliografica foi realizada nas bases de dados Pubmed, Lilacs, Cochrane, Adolec, BBO, PAHO e Web of Science, com o proposito d e identificar os trabalhos de ensaios clinicos sobre a utilizacao d e aparelhos interoclusais no tratamento das disfuncoes temporomandibulares, utilizando as seguintes combinacoes de unitermos: occlusal and splint, occlusal appliance, interocclusal splint, interocclusal appliance, Michigan splint, ferulas oclusales, placa de Michigan, placa oclusa). Os criterios de inclusao foram trabalhos escritos nas linguas inglesa, portuguesa, italiana e espanhola. Foram excluidos os relatos de caso, opiniao de autor, relatos de tecnicas, revisoes nao sistematicas da literatura. Resultados: Foram localizadas e recuperadas 24 publicacoes, das quais 16 eram ensaios clinicos controlados e randomizados. Os grupos controle foram variados. A amostra dos estudos totalizou 1269 pacientes. A duracao do tratamento indicada nas investigacoes) variou de um a 12 meses. Os autores utilizaram diversos metodos de avaliacao e todos relataram melhora dos sintomas. Discussao e Conclusoes: Os autores das publicacoes de ensaios clinicos relataram que o uso de dispositivos interoclusais trouxe beneficios melhorando os sinais e sintomas de DTM. Nao ha ainda conclusoes positivas baseadas em evidencias, segundo a analise dos trabalhos publicados. A falta de estandardizacao na avaliacao clinica, no diagnostico e tratamento, impossibilita um estudo de metanalise. Algumas investigacoes controladas e randomizadas parecem sugerir que o uso de dispositivos interoclusais pode ser indicado para o tratamento da DTM. Alguns trabalhos com desenho longitudinal seguiram os pacientes por no maximo um ano, havendo a necessidade de acompanhamento por mais tempo em amostras maiores, para afastar o vies devido a regressao a media
Palavra-chave Síndrome da Disfunção da Articulação Temporomandibular
PLACAS OCLUSIONAIS
Idioma Português
Data de publicação 2003
Publicado em São Paulo: [s.n.]: 2003. 42 p.
Publicador Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
Extensão 42 p.
Direito de acesso Acesso restrito
Tipo Dissertação de mestrado
Endereço permanente http://repositorio.unifesp.br/handle/11600/18685

Exibir registro completo




Arquivo

Arquivo Tamanho Formato Visualização

Não existem arquivos associados a este item.

Este item está nas seguintes coleções

Buscar


Navegar

Minha conta