Avaliação do resultado de um programa educativo dirigido a paraplégicos visando o autocuidado relacionando aos déficits identificados na eliminação intestinal

Avaliação do resultado de um programa educativo dirigido a paraplégicos visando o autocuidado relacionando aos déficits identificados na eliminação intestinal

Título alternativo Results of educational program evaluation directed to paraplegics aiming the self-care related to defict identified in the intestinal elimination
Autor Padula, Marcele Pescuma Capeletti Autor UNIFESP Google Scholar
Orientador Souza, Mariana Fernandes de Autor UNIFESP Google Scholar
Resumo Este estudo que utilizou como referencial teorico o modelo conceitual do autocuidado de Dorothea E. Orem teve por objetivos especificos: caracterizar a amostra segundo as variaveis: sexo, idade, escolaridade, etiologia da lesao medular, ocupacao anterior a lesao medular, ocupacao atual, nivel neurologico da lesao e locus de controle a Saúde; avaliar o progresso dos pacientes paraplegicos na assuncao do autocuidado apos a implementacao de um Programa Educativo relacionado a 16 dehcits identificados na eliminacao intestinal; verificar a possivel influencia das variaveis antecedentes nivel neurologico da lesao e locus de controle a Saúde na assuncao do autocuidado. Metodo: O estudo seguiu um delineamento experimental, com uma amostra de 28 pacientes que foram alocados aleatoriamente em dois grupos: controle (14 pacientes) e experimental (14 pacientes). 0 Programa Educativo foi aplicado somente aos pacientes do grupo experimental por um periodo de oito semanas. Na analise estatistica dos dados foram utilizados os testes: Mann-Whitney, Quiquadrado, Wilcoxon, Kruskal-Wallis. Resultados: Pela caracterizacao da amostra, a faixa etaria com maior incidencia entre os paraplegicos do estudo e dos 21 aos 30 anos, houve predominancia do sexo masculino, o nivel de escolaridade predominante foi o medio completo, a principal causa de lesao medular foi os ferimentos por arma de fogo, a maioria dos pacientes apresentaram lesao toracica alta em relacao ao nivel neurologico, em relacao ao locus de controle a Saúde, dos 28 pacientes, em 13 o locus de controle e interno e, igualmente, em 13 o locus de controle e externo. Em dois pacientes, os escores quanto a internalidade e externalidade foram iguais e, para analise estatistica, nao foram considerados. O estudo revelou 21 ocupacoes diferentes exercidas anteriormente a lesao medular, seis pacientes eram estudantes. Em relacao a ocupacao atual, 22 deles nao exercem mais qualquer ocupacao. Para avaliar o progresso dos paraplegicos na assuncao do autocuidado foram atribuidos escores as acoes de enfermagem segundo os metodos de ajuda requeridos pelos pacientes: Fazer(4), Guiar (3), Apoiar (2), Ensinar (1) e Independente (0). Nos deficits 1,2,3,4,5,8 e 16 mais pacientes do grupo experimental encontravam-se nas categorias de menor dependencia da enfermagem; o grupo experimental apresentou media inferior de pontuacao em relacao ao grupo de controle, evoluindo para melhor nos...(au)
Assunto Paraplegia
Autocuidado
Modelos educacionais
Idioma Português
Data 2003
Publicado em São Paulo: [s.n.], 2003. 225 p.
Editor Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
Extensão 225 p.
Direito de acesso Acesso restrito
Tipo Tese de doutorado
URI http://repositorio.unifesp.br/handle/11600/18656

Mostrar registro completo




Arquivos deste item

Arquivos Tamanho Formato Visualização

Não existem arquivos associados a este item.

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(s)