Concentracao plasmatica da troponina I cardiaca em recem-nascidos

Concentracao plasmatica da troponina I cardiaca em recem-nascidos

Título alternativo Plasmatic concentration of cardiac troponin I in newborn infants
Autor Araujo, Katiaci Janice Chaves Autor UNIFESP Google Scholar
Resumo Objetivo: Descrever as concentracoes plasmaticas da troponina I cardiaca em um grupo de recem-nascidos saudaveis, explorar a possibilidade de variacao desses valores de referencia com morbidade materna (clinica e obstetrica), peso ao nascer, genero, idade gestacional, idade do recem-nascido e concentracao plasmatica de bilirrubina e sugerir um limite superior do intervalo de referencia para a concentracao plasmatica desta proteina nesta amostra de recem-nascidos. Metodo: A troponina I cardiaca foi mensurada no remanescente de amostras de plasma de 206 recem-nascidos com aparencia saudavel. Utilizou-se um ensaio imunologico de dupla fase, tipo sanduiche, quimioluminescente, que contem anticorpo policlonal caprino e anticorpo monoclonal murino antitroponina I para leitura no analisador automatizado ACS:180. Resultados: A concentracao plasmatica media da troponina I cardiaca foi 0,28 ng/mL. 0 valor minimo, inferior a 0,01 ng/mL e maximo de 3,0 ng/mL. Em 97 recem-nascidos (47,1 por cento), a troponina I cardiaca apresentou valor < 0.1 ng/mL Em 201 (97,6 por cento), a troponina I cardiaca apresentou valor £ 1,5 ng/mL. 0 95§ percentil foi 0,93 ng/mL, o 97,5§ percentil foi 1,77 ng/mL e o 99§ percentil foi 2,80 ng/mL. 0 coeficiente de correlacao intraclasse demonstrou alta correlacao entre as medidas repetidas. A idade media dos recem-nascidos, quando foi colhido o sangue para a mensuracao da troponina I cardiaca, foi de 2,7 dias (variacao: 1-10). Conclusoes: As concentracoes plasmaticas da troponina I cardiaca foram mais elevadas nos recem-nascidos quando comparamos com as concentracoes sanguineas encontradas em adultos. As concentracoes plasmaticas da troponina I cardiaca nesta amostra sugerem nao existir variacao com determinadas condicoes maternas (clinicas e obstetricas), peso ao nascer, genero, idade gestacional e concentracao plasmatica de bilirrubina. Em relacao a idade do recem-nascido no momento da mensuracao da troponina I cardiaca, houve diferenca estatisticamente significativa entre os valores medios das concentracoes da troponina I cardiaca de recem-nascidos com idade menor do que 48 horas de vida e os valores medios de recem-nascidos com idade maior ou igual a 48 horas. 0 intervalo de referencia de 2,5 por cento a 97,5 por cento para a concentracao plasmatica da troponina I cardiaca do conjunto de recem-nascidos classificados como normais foi menor do que 0,01 a 1,77 ng/mL (percentis 2,5 e 97,5). 0 99º percentil da concentracao plasmatica da...(au)
Palavra-chave Troponina I
Coração
Recém-Nascido
Plasma
Medições Luminescentes
Idioma Português
Data de publicação 2003
Publicado em São Paulo: [s.n.], 2003. 137 p.
Publicador Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
Extensão 137 p.
Direito de acesso Acesso restrito
Tipo Dissertação de mestrado
Endereço permanente http://repositorio.unifesp.br/handle/11600/18612

Exibir registro completo




Arquivo

Arquivo Tamanho Formato Visualização

Não existem arquivos associados a este item.

Este item está nas seguintes coleções

Buscar


Navegar

Minha conta