Suplementação nutricional em pacientes com doença do neurônio motor/esclerose lateral amiotrófica

Suplementação nutricional em pacientes com doença do neurônio motor/esclerose lateral amiotrófica

Título alternativo Supplements in patients with motor neuron disease/amyotrophic lateral sclerosis
Autor Stanich, Patricia Autor UNIFESP Google Scholar
Orientador Oliveira, Acary Souza Bulle Autor UNIFESP Google Scholar
Resumo A Doenca do Neuronio Motor (DNM) e uma doenca degenerativa, progressiva, irreversivel e incuravel, com envolvimento primario do motoneuronio. Dentre as formas de manifestacao, predominam a Esclerose Lateral Amiotrofica (ELA) e a Paralisia Bulbar Progressiva (PBP). Na evolucao clinica, a disfagia apresenta-se como um dos comprometimentos principais, levando a diminuicao da massa corporea, desidratacao e desnutricao. Associado a diminuicao da inGestão alimentar, observa-se o aumento da taxa de metabolismo basal e das necessidades nutricionais, determinando assim perda de peso. O reconhecimento da deplecao nutricional e intervencao precoce podem ser um diferencial no tratamento. Nesse trabalho foram estudados 20 pacientes com Doenca do Neuronio Motor (DNM)/Esclerose Lateral Amiotrofica (ELA), provenientes do Setor de Investigacao de Doencas Neuromusculares da Disciplina de Neurologia Clinica da Universidade Federal de São Paulo - Escola Paulista de Medicina (UNIFESP-EPM). O objetivo desse estudo foi descrever o estado nutricional dos pacientes com Doenca do Neuronio Motor (DNM) /Esclerose Lateral Amiotrofica (ELA), submetidos a suplementacao nutricional. Os pacientes receberam suplementacao nutricional durante seis meses consecutivos. Eles foram submetidos a avaliacao nutricional bimestral, com medidas antropometricas - peso, estatura, circunferencia do braco e dobra cutanea do triceps - e analise da composicao corporal atraves da bioimpedancia eletrica. O diagnostico de ELA foi estabelecido de acordo com -os criterios propostos pelo El Escorial, modificado era 1998, atraves do quadro clinico e do auxilio de exames como eletroneuromiografia, ressonancia magnetica e tomografia computadorizada. As idade variou entre 36 e 70 anos, com media de 55,0, mediana de 59,5 e desvio padrao de 12,4 anos. O tempo referido de doenca pelo paciente variou de 8 a 218 meses, com media de 31,5 meses. Quinze pacientes (75 por cento) apresentavam ELA como forma de manifestacao, sendo onze (73,3 por cento) do sexo masculino e 4 (26,6 por cento) do sexo feminino...(au)
Palavra-chave Nutrição em Saúde Pública
Suplementação Alimentar
Antropometria
Composição Corporal
Esclerose Amiotrófica Lateral
Nutrition, Public Health
Supplementary Feeding
Anthropometry
Body Composition
Amyotrophic Lateral Sclerosis
Idioma Português
Data de publicação 2003
Publicado em São Paulo: [s.n.], 2003. 129 p.
Publicador Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
Extensão 129 p.
Direito de acesso Acesso restrito
Tipo Dissertação de mestrado
Endereço permanente http://repositorio.unifesp.br/handle/11600/18608

Exibir registro completo




Arquivo

Arquivo Tamanho Formato Visualização

Não existem arquivos associados a este item.

Este item está nas seguintes coleções

Buscar


Navegar

Minha conta