Punção estromal anterior na descompensação corneana secundária à iridosquise: relato de caso e revisão da literatura

Punção estromal anterior na descompensação corneana secundária à iridosquise: relato de caso e revisão da literatura

Título alternativo Anterior stromal puncture in bullous keratopathy secondary to iridoschisis: case report and literature review
Autor Fontes, Bruno Machado Autor UNIFESP Google Scholar
Alvarenga, Lênio Souza Autor UNIFESP Google Scholar
Vieira, Luís Antonio Autor UNIFESP Google Scholar
Souza, Luciene Barbosa de Autor UNIFESP Google Scholar
Freitas, Denise de Autor UNIFESP Google Scholar
Instituição Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
Resumo To describe the treatment of localized bullous keratopathy secondary to iridoschisis with anterior stromal puncture in a 81-year-old female with iridoschisis and localized corneal edema, in whom anterior stromal puncture was performed. Ocular examination showed inferior iridoschisis in the right eye, with localized edema in the area of contact between the fibers and the endothelium. Photocoagulation of the fibers was performed but no biomicroscopic changes were observed. Anterior stromal puncture was performed and a complete resolution of symptoms was observed. We suggest that anterior stromal puncture should be considered as an option to reduce the symptoms of patients with localized corneal edema secondary to iridoschisis. Review of the literature about palliative treatments for bullous keratopathy was also performed.

Descrevemos o tratamento da descompensação localizada do endotélio corneano secundária à iridosquise primária utilizando a punção estromal anterior em uma paciente de 81 anos. O exame ocular revelou iridosquise inferior no olho direito, com edema corneano localizado no local de contato entra as fibras irianas e o endotélio corneano. Foi realizada a fotocoagulação com laser de argônio das fibras irianas em contato com o endotélio, sem melhora do quadro clínico. Optou-se por realizar a punção estromal anterior, com resolução total da sintomatologia. Assim, sugerimos que a punção estromal anterior deve ser considerada uma opção terapêutica no controle da sintomatologia da descompensação corneana localizada secundária à iridosquise. Foi feita uma revisão da literatura sobre tratamentos paliativos para descompensação endotelial.
Palavra-chave Cornea
Endothelium corneal
Iris diseases
Palliative care
Edema
Case report
Córnea
Endotélio da córnea
Doenças da íris
Assistência paliativa
Edema
Relato de caso
Idioma Português
Data de publicação 2003-10-01
Publicado em Arquivos Brasileiros de Oftalmologia. Conselho Brasileiro de Oftalmologia, v. 66, n. 5, p. 671-674, 2003.
ISSN 0004-2749 (Sherpa/Romeo)
Publicador Conselho Brasileiro de Oftalmologia
Extensão 671-674
Fonte http://dx.doi.org/10.1590/S0004-27492003000500023
Direito de acesso Acesso aberto Open Access
Tipo Artigo
SciELO S0004-27492003000500023 (estatísticas na SciELO)
Endereço permanente http://repositorio.unifesp.br/handle/11600/1860

Exibir registro completo




Arquivo

Nome: S0004-27492003000500023.pdf
Tamanho: 363.7KB
Formato: PDF
Descrição:
Abrir arquivo

Este item está nas seguintes coleções

Buscar


Navegar

Minha conta