Metodo biomecanico para medida de forca muscular: acao simulada dos musculos cricoaritenoideos laterais em laringes humanas

Metodo biomecanico para medida de forca muscular: acao simulada dos musculos cricoaritenoideos laterais em laringes humanas

Título alternativo Biomechanic method for muscular force measurements: simulated action ofthe cricoarythenoid muscles
Autor Curcio, Daniella Autor UNIFESP Google Scholar
Resumo Objetivos: Desenvolver um metodo biomecanico de medida de forca muscular, simulando a acao dos musculos cricoaritenoideos laterais de laringes humanas em estado fresco. Inclui-se nos objetivos, a construcao de um dispositivo de suporte anatomico para laringe, alem de um estudo piloto para testar a funcionalidade deste equipamento. Metodo: O dispositivo foi criado visando oferecer sustentacao para as pecas em estado fresco e permitir a manipulacao de tecidos moles e cartilaginosos, mantendo-se ao maximo as propriedades biomecanicas do orgao em estado natural e as condicoes anatomicas in vivo. A funcionalidade deste suporte foi verificada num estudo piloto com tres laringes suinas (Sus scrofa). Este experimento mediu a magnitude de duas forcas opostas e de mesmo valor, aplicadas atraves da tracao simultanea de fios de sutura presos as cartilagens cricoidea e aritenoideas, nas insercoes dos musculos cricoaritenoideos laterais. O procedimento foi realizado bilateralmente e de forma sincronizada ate o ponto em que a inspecao visual confirmasse a aducao apropriada dos processos vocais das cartilagens aritenoideas e das pregas vocais. Os valores de forca para cada musculo foram lidos a partir de dinamometros e corresponderam a: 200gf, 125gf e 112gf. Analogamente o metodo foi aplicado em laringes humanas, utilizando-se, entretanto, uma maquina de tracao e compressao para o controle automatico e preciso das forcas. Quatro laringes humanas foram obtidas em necropsias: dois adultos e dois idosos, um individuo de cada genero em cada faixa etaria. O material foi mantido em solucao fisiologica, em aproximadamente 12ºC e os ensaios foram conduzidos entre 18 e 48hs post montem. Graficos de deformacao gerados pela maquina ofereceram informacoes a respeito da rigidez das estruturas cartilagineas. Imagens fotograficas da vista superior do modelo foram avaliadas qualitativamente e quantitativamente em repouso e em aducao maxima, dada pela estabilidade da configuracao glotica para incrementos de pelo menos 30g£ Resultados: Devido a priorizacao do desenvolvimento do metodo, a amostra. foi numericamente reduzida e os...(au)
Palavra-chave Fenômenos Biomecânicos
Músculos Laríngeos
Fisiologia
Cartilagem Cricoide
Cartilagem Aritenoide
Idioma Português
Data de publicação 2003
Publicado em São Paulo: [s.n.], 2003. 72 p.
Publicador Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
Extensão 72 p.
Direito de acesso Acesso restrito
Tipo Dissertação de mestrado
Endereço permanente http://repositorio.unifesp.br/handle/11600/18577

Exibir registro completo




Arquivo

Arquivo Tamanho Formato Visualização

Não existem arquivos associados a este item.

Este item está nas seguintes coleções

Buscar


Navegar

Minha conta