Estudo prospectivo por ressonancia magnetica das lesoes meniscais com correlacao artroscopica: proposta de uma nova tecnica

Estudo prospectivo por ressonancia magnetica das lesoes meniscais com correlacao artroscopica: proposta de uma nova tecnica

Título alternativo Prospective study of meniscal damages by magnetic resonance image with arthroscopic correlation: a new technique
Autor Claudino, Persio Achoa Autor UNIFESP Google Scholar
Resumo Objetivos: avaliar a acuracia da tecnica DP-SPIR no reconhecimento das lesoes meniscais, correlacionando-a com a artroscopia e comparar as tecnica DP- SPIR e DPSE (spin echo ponderada em densidade de protons) na analise de lesoes meniscais. Metodos: avaliou-se 160 meniscos, 80 mediais e 80 laterais, de 75 pacientes com suspeita de lesoes meniscais. O protocolo incluia a tecnica spin-echo ponderada em densidade de protons com saturacao do sinal da gordura (DP-SPIR) e a tecnica spinecho ponderada em densidade de protons convencional (DP-SE) nos planos sagital e coronal. Dois radiologistas analisaram os exames e os resultados foram comparados com os da artroscopia. Resultados: em 59 casos (73,75 por cento), os meniscos mediais apresentaram lesao na artroscopia. A ressonancia magnetica, com a tecnica DP-SPIR, identificou 56 delas no plano sagital e 52 no plano coronal, com sensibilidade de 94,9 por cento e 88,1 por cento, respectivamente. Dentre os 21 meniscos sem lesao pela artroscopia, tres apresentaram alteracoes compativeis com lesao no plano sagital e 3 no plano coronal, com especificidade de 85,7 por cento, para cada plano. A acuracia da tecnica DP-SPIR para o menisco medial foi de 91,25 por cento para o plano sagital e de 87,5 por cento para o plano coronal. A artroscopia apresentou 36 casos de lesao no menisco lateral (45 por cento). Dentre eles, 32 foram identificados pela tecnica DP-SPIR no plano sagital e 29 no plano coronal, com sensibilidade de 88,8 por cento e 80,5 por cento, respectivamente. Em relacao aos 44 meniscos que nao apresentaram lesao pela artroscopia, 43 foram, assim, identificados pela tecnica DP-SPIR em ambos os planos, com especificidade de 95,4 por cento. A acuracia da tecnica de ressonancia magnetica DP-SPIR em relacao ao menisco lateral foi de 92,5 por cento para o plano sagital e de 88,75. A tecnica DP-SE, no plano sagital, apresentou sensibilidade de 86,1 por cento para o menisco medial e 82,4 por cento para o menisco lateral; especificidade de 71,42 por cento para o menisco medial e 92,3 por cento para o menisco lateral; e acuracia de 83,7 por...(au)
Palavra-chave Meniscos Tibiais
Joelho
Imagem por Ressonância Magnética
Artroscopia
Idioma Português
Data de publicação 2003
Publicado em São Paulo: [s.n.], 2003. 80 p.
Publicador Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
Extensão 80 p.
Direito de acesso Acesso restrito
Tipo Dissertação de mestrado
Endereço permanente http://repositorio.unifesp.br/handle/11600/18576

Exibir registro completo




Arquivo

Arquivo Tamanho Formato Visualização

Não existem arquivos associados a este item.

Este item está nas seguintes coleções

Buscar


Navegar

Minha conta