Alta tolerancia ao estresse oxidativo induzido por H2O2 em plantas transgenicas de tabaco que superexpressam o gene AtPUMP1: isolamento e caracterizacao de uma proteina desacopladora em milho(ZmPUMP)

Alta tolerancia ao estresse oxidativo induzido por H2O2 em plantas transgenicas de tabaco que superexpressam o gene AtPUMP1: isolamento e caracterizacao de uma proteina desacopladora em milho(ZmPUMP)

Título alternativo The high tolerance in oxidative stress induced by H2O2 in transgenic plants, capable to overexpress the gene APUMP1: isolation and characterization the maize uncouplin protein(ZmPUMP)
Autor Brandalise, Marcos Autor UNIFESP Google Scholar
Resumo Inicialmente descrita no tecido adiposo marrom de mamiferos e posteriormente em outros tecidos, a proteina desacopladora de mamiferos (UCPI) permite a dissipacao do gradiente de protons, criado pelas bombas redox da cadeia respiratoria, gerando calor. A descoberta de uma proteina desacopladora em plantas (PUMP), cujas caracteristicas funcionais e estruturais assemelham-se as UCPs, abriu novas possibilidades para explicar os mecanismos envolvidos no processo de desacoplamento da fosforilacao oxidativa em plantas e protecao contra estresse oxidativo. A obtencao em nosso laboratorio de um clone de cDNA codificando uma PUMP em Arabidopsis thaliana (AtPUMPI), planta dicotiledonea, motivou este trabalho, tendo como principal objetivo investigar o papel fisiologico desta proteina em promover uma reducao da formacao de especies reativas de oxigenio em mitocondrias de plantas. Para tal foram utilizadas plantas transgenicas capazes de superexpressar de forma constitutiva a referida proteina. Analises por northern blot demonstraram a existencia de plantas com niveis altissimos de expressao do gene AtPUMPl (linhagem P07). O correto direcionamento da proteina AtPUMPI, do citoplasma para as mitocondrias, foi confirmado por westem blot empregando-se anticorpo policlonal produzido em nosso laboratorio, direcionado contra a AtPUMP 1 recombinante, expressa em Escherichia coli. O presente estudo demonstrou que plantas que superexpressam o gene AtPUMPl tornaram-se mais tolerantes as condicoes de estresse oxidativo induzido pelo peroxido de hidrogenio exogeno, quando comparadas com plantas selvagens, nao transformadas...(au)
Palavra-chave Plantas
Transferência de Energia
Mitocôndrias
Idioma Português
Data de publicação 2003
Publicado em São Paulo: [s.n.], 2003. 105 p.
Publicador Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
Extensão 105 p.
Direito de acesso Acesso restrito
Tipo Dissertação de mestrado
Endereço permanente http://repositorio.unifesp.br/handle/11600/18571

Exibir registro completo




Arquivo

Arquivo Tamanho Formato Visualização

Não existem arquivos associados a este item.

Este item está nas seguintes coleções

Buscar


Navegar

Minha conta