Heteropterys aphrodisiaca O. Mach. (extrato BST 0298): estudos pre-clínicos farmacológicos e toxicológicos

Heteropterys aphrodisiaca O. Mach. (extrato BST 0298): estudos pre-clínicos farmacológicos e toxicológicos

Título alternativo Heteropterys aphrodisiaca O. Mach(extract BST 0298): pharmacological and toxicological preclinical studies
Autor Galvao, Suzana Maria Pereira Autor UNIFESP Google Scholar
Orientador Carlini, Elisaldo Araujo Autor UNIFESP Google Scholar
Resumo O presente estudo avaliou os efeitos farmacologicos e toxicologicos da Heteropterys aphrodisiaca O. Mach. (Malpighiaceae), agudos e cronicos em roedores e nao-roedores. Em estudos farmacologicos, ratos idosos apresentaram significante melhora do desempenho na tarefa de esquiva passiva apos 7 dias de tratamento com 50 mg/kg do extrato BST 0298. Ratos idosos tratados com doses de 25 e 50 mg/kg do extrato BST 0298 por 45 dias apresentaram uma nitida melhora da aprendizagem, no teste de discriminacao direita-esquerda no labirinto em T. O teste de MDA in vitro mostrou que os diferentes lotes coletados nas 4 estacoes do ano, apresentaram atividade antioxidante semelhante. O pre-tratamento (agudo, por 7 e 21 dias) com o extrato BST 0298 nao melhorou o desempenho de camundongos tratados com escopolamina, no teste de esquiva passiva. Em ratos idosos, a estereotipia induzida pela apomorfina foi potencializada apos 7 dias de tratamento com 50 mg/kg do extrato BST 0298, mas este efeito nao foi observado em ratos jovens tratados. Apos tratamento agudo com altas doses e crescentes do extrato BST 0298. poucos camundongos apresentaram hemorragia nos olhos (0.79 por cento) e paralisia nas patas traseiras (0,61 por cento). A DL50 com os varios lotes coletados nas 4 estacoes do ano, foi semelhante entre os lotes da planta. Em estudos toxicologicos, nenhuma morte foi observada em cobaias machos e femeas tratados com ate 800 mg/kg do extrato BST 0298 por 30 dias, e nenhuma alteracao no peso, consumo de agua ou alimento foi observada. Ratas tratadas com doses de 50. 100 ou 200 mg/kg nao apresentaram alteracoes do ciclo estral. Nenhuma alteracao foi observada na prole de ratas tratadas com 50 ou 100 mg/kg durante a prenhez. Ratos machos tratados com 800 e 200 mg/kg do extrato BST 0298, por 7 ou 30 dias, respectivamente, apresentaram uma reducao do ganho de peso, mas sem nenhuma alteracao bioquimica, hematologica e no anatomopatologico...(au)
Palavra-chave Plantas Medicinais
Envelhecimento
Memória
Toxicologia
Roedores
Idioma Português
Data de publicação 2003
Publicado em São Paulo: [s.n.], 2003. 175 p.
Publicador Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
Extensão 175 p.
Direito de acesso Acesso restrito
Tipo Tese de doutorado
Endereço permanente http://repositorio.unifesp.br/handle/11600/18522

Exibir registro completo




Arquivo

Arquivo Tamanho Formato Visualização

Não existem arquivos associados a este item.

Este item está nas seguintes coleções

Buscar


Navegar

Minha conta