Utilizacao de indices no diagnostico das disfuncoes temporomandibulares

Utilizacao de indices no diagnostico das disfuncoes temporomandibulares

Título alternativo Utilization of indexes in temporomandibular dysfunction diagnostic
Autor Borges, Elda Aguiar da Silva Autor UNIFESP Google Scholar
Resumo Objetivo: O objetivo deste trabalho e apresentar e analisar os indices utilizados no diagnostico das Disfuncoes Temporomandibulares: indice Helkimo, Escala ATM e indice Craniomandibular, tracando dados comparativos entre eles. Metodos: Foi efetuada pesquisa bibliografica nas bases de dados: Medline, PubMed, Web of Science, Scielo, 13130, Paho, Licacs, capitulos de livros, teses e referencias de artigos. As palavras-chaves utilizadas foram: index, TMD, temporomandibular dysfunction, craniomandibular, Heikimo, TMJ scale. Foram incluidos os trabalhos publicados nos idiomas ingles, portugues e espanhol. Dos 132 trabalhos encontrados, foram incluidos 10 artigos e uma tese que se referiam diretamente a elaboracao dos indices. Incluiu-se ainda, 8 trabalhos que comparavam os indices, ou questionavam suas variaveis., Resultados: A Escala ATM apresentou diferenca entre os outros dois indices, tanto no metodo de aplicacao quanto na obtencao dos resultados. Foi realizada a comparacao entre os indices Helkimo e Craniomandibular que utilizam os mesmos parametros a serem avaliados, com algumas variaveis diferentes, mas que apresentam autonomia na obtencao dos resultados e metodologia similar. Os parametros sao anamnesico, movimentos mandibulares, sons articulares, palpacao, oclusais, sendo as respectivas pontuacoes comparadas e analisadas. Foi realizada uma correspondencia dos dois indices, atraves da sobreposicao de seus valores. Conclusoes: Tanto o indice Helkimo quanto o indice Craniomandibular apresentam confiabilidade, sao faceis de serem aplicados, com baixo custo operacional e podem, portanto, ser utilizados no diagnostico clinico de DTM. O indice Helkimo parece ser mais facil quanto ao metodo de obtencao dos resultados e tem a caracteristica de classificar o grau de disfuncao, particularidade que pode justificar sua ampla utilizacao ate os dias atuais
Assunto Transtornos da Articulação Temporomandibular
Escalas
Transtornos Craniomandibulares
Idioma Português
Data 2003
Publicado em São Paulo: [s.n.], 2003. 86 p.
Editor Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
Extensão 86 p.
Direito de acesso Acesso restrito
Tipo Dissertação de mestrado
URI http://repositorio.unifesp.br/handle/11600/18508

Mostrar registro completo




Arquivos deste item

Arquivos Tamanho Formato Visualização

Não existem arquivos associados a este item.

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(s)