Perfil de gestantes usuarias de servico de pre-natal publico em relacao ao uso de tabaco: bases para uma pratica de Saúde coletiva

Perfil de gestantes usuarias de servico de pre-natal publico em relacao ao uso de tabaco: bases para uma pratica de Saúde coletiva

Título alternativo Pregnant users profile of public antenatal care towards the use of tobaco: baseline for public health practice
Autor Solha, Raphaela Karla de Toledo Autor UNIFESP Google Scholar
Resumo Objetivos: Os objetivos deste estudo visam: determinar a prevalencia do uso de tabaco, perfil de uso, caracteristicas socio-demograficas, identificar o nivel de conhecimento sobre agravos/doencas relacionadas ao uso de fumo entre as gestantes atendidas em servico de pre-natal publico, tendo como finalidade propor um plano de capacitacao dirigido a enfermeiros que atuam no nivel de atencao primaria, com enfoque em promocao da Saúde junto as gestantes usuarias de cigarros. Metodos: Este estudo e um survey descritivo, com o proposito de descrever uma situacao para intervencao posterior da enfermeira. A coleta de dados foi realizada por meio de um formulario estruturado, com perguntas abertas e fechadas, aplicado no periodo de maio a junho de 2002. Resultados: a prevalencia de uso de tabaco entre as gestantes foi de 19,4 por cento (n=19); as ex-fumantes corresponderam a 12,2 por cento (n=12) da amostra; 47,3 por cento(n=9) das gestantes fumantes cessaram o uso de cigarros antes ou ao inicio da gestacao; 60 por cento (n=6) das gestantes que permaneceram fumando, reduziram o numero de cigarros fumados/dia; 100 por cento das gestantes ex-fumantes pararam de fumar sem o auxilio de metodos terapeuticos; 100 por cento das gestantes relacionaram o cancer de pulmao ao uso de cigarros; no subgrupo fumantes e ex-fumantes (n=31), 51,5 por cento consideraram o acompanhamento psicologico em grupo a modalidade mais adequada de tratamento, 55 por cento deste grupo referiram que o uso de medicacoes para tratamento de tabagismo podem ser adequadas para o tratamento, 45 por cento consideraram que o pre-natalista e o profissional mais indicado para este acompanhamento. Conclusoes: Os enfermeiros sao profissionais que podem atuar junto a esta populacao para aumentar as taxas de abstinencia de fumo, mas para tanto, se faz necessaria a capacitacao destes sobre o tema. A gravidez e um periodo ideal para se trabalhar com estas mulheres, considerando a motivacao que a propria gestacao traz para parar de fumar
Palavra-chave Humanos
Feminino
Gravidez
Tabaco
Hábito de Fumar
Transtorno por Uso de Tabaco
Saúde Pública
Prática de Saúde Pública
Humanos
Feminino
Gravidez
Idioma Português
Data de publicação 2003
Publicado em São Paulo: [s.n.], 2003. 82 p.
Publicador Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
Extensão 82 p.
Direito de acesso Acesso restrito
Tipo Dissertação de mestrado
Endereço permanente http://repositorio.unifesp.br/handle/11600/18489

Exibir registro completo




Arquivo

Arquivo Tamanho Formato Visualização

Não existem arquivos associados a este item.

Este item está nas seguintes coleções

Buscar


Navegar

Minha conta