Uso de mitomicina C tópico no tratamento da neoplasia intra-epitelial córneo-conjuntival e carcinoma espinocelular conjuntival: resultados preliminares

Uso de mitomicina C tópico no tratamento da neoplasia intra-epitelial córneo-conjuntival e carcinoma espinocelular conjuntival: resultados preliminares

Título alternativo Topical use of mitomycin C for the treatment of corneal-conjunctival intraepithelial neoplasia and conjunctival squamous cell carcinoma: preliminary results
Autor Ballalai, Priscilla Luppi Autor UNIFESP Google Scholar
Gomes, José Álvaro Pereira Autor UNIFESP Google Scholar
Santos, Myrna Serapião dos Autor UNIFESP Google Scholar
Freitas, Denise de Autor UNIFESP Google Scholar
Erwenne, Clélia Maria Autor UNIFESP Google Scholar
Rigueiro, Moacyr Pezati Autor UNIFESP Google Scholar
Instituição Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
Resumo PURPOSE: The purpose of this study is to evaluate the safety, efficacy and recurrence after topical use of mitomycin C (MMC) for primary or recurrent corneal-conjunctival intraepithelial neoplasia (CIN) and recurrent squamous cell carcinoma (SCC). METHODS: Two groups of patients were trated. Group 1 patients with primary or recurrent CIN were treated with topical 0.02% MMC, qid for 28 days. Group 2, patients with recurrent SCC, were treated with topical 0.02% MMC, qid for 21 to28 days. RESULTS: Eight patients with CIN and 1with SCC had a total regression of the lesion and all of them had negative control exfoliative cytology for neoplastic cells. One patient with CIN and 2 with SCC had partial regression of the lesions, which were excised surgically, and the pathology was negative for neoplasia. Side effects were transient and subsided after descontinuation of the treatment. There was no recurrence of the lesions on a mean follow-up of 24.9 months. CONCLUSION: The preliminary results of this study suggest that the use of the topical MMC is safe and efficient for the treatment of primary and recurrent CIN and recurrent SCC, although it did not prevent surgery in almost all cases of CEC. There were no recurrences during the follow-up. Further studies with more patients and longer follow-up are necessary to confirm this results.

OBJETIVO: Avaliar a segurança, a eficácia e a recidiva tumoral após o uso de mitomicina C (MMC) tópica no tratamento de neoplasias intra-epiteliais (NIC) primárias e recidivadas e carcinomas espinocelulares (CEC) recidivados. MÉTODOS: Dois grupos de pacientes foram tratados. Grupo 1 com diagnóstico de NIC primário ou recidivado fez uso do colírio de MMC 0,02%, 4 vezes ao dia por 28 dias. O grupo 2 com diagnóstico de CEC recidivado fez uso do colírio de MMC 0,02%, 4 vezes ao dia por 21 a 28 dias. Após o término do tratamento era feita citologia exfoliativa para controle ou biópsia nos casos de lesão residual. RESULTADOS: Oito pacientes com NIC e 1 com CEC mostraram regressão total da lesão e citologia exfoliativa de controle negativa para células neoplásicas. Em 1 paciente com NIC e 2 com CEC, houve regressão parcial das lesões, tendo sido necessária exérese cirúrgica da lesão residual, com exame anatomopatológico negativo para neoplasia. Os efeitos colaterais foram transitórios e desapareceram após a suspensão do colírio. Não houve recidiva tumoral num seguimento médio de 24,9 meses. CONCLUSÃO: Os resultados preliminares desse estudo su-gerem que o uso da MMC tópica é opção segura e eficaz como tratamento único de NIC primária ou recidivada e no tratamento do CEC recidivado, porém não evitando a cirurgia na maioria dos pacientes com CEC. Não foram observadas recidivas tumorais durante o segmento. Mais estudos são necessários, com maior número de pacientes e maior tempo de seguimento para confirmar esses resultados.
Palavra-chave Mitomycin
Eye neoplasms
Conjunctival neoplasms
Carcinoma, squamous cell
Mitomicina
Neoplasias oculares
Neoplasias da conjuntiva
Carcinoma de células escamosas
Epitélio da córnea
Idioma Português
Data de publicação 2003-10-01
Publicado em Arquivos Brasileiros de Oftalmologia. Conselho Brasileiro de Oftalmologia, v. 66, n. 5, p. 559-562, 2003.
ISSN 0004-2749 (Sherpa/Romeo)
Publicador Conselho Brasileiro de Oftalmologia
Extensão 559-562
Fonte http://dx.doi.org/10.1590/S0004-27492003000500003
Direito de acesso Acesso aberto Open Access
Tipo Artigo
SciELO S0004-27492003000500003 (estatísticas na SciELO)
Endereço permanente http://repositorio.unifesp.br/handle/11600/1848

Exibir registro completo




Arquivo

Nome: S0004-27492003000500003.pdf
Tamanho: 1.027MB
Formato: PDF
Descrição:
Abrir arquivo

Este item está nas seguintes coleções

Buscar


Navegar

Minha conta