Ação da pirazinamida durante a prenhez da rata albina (Rattus norvegicus albinus, Rodentia Mammalia): ensaio biológico

Ação da pirazinamida durante a prenhez da rata albina (Rattus norvegicus albinus, Rodentia Mammalia): ensaio biológico

Título alternativo Effects of pyrazinamide on the albino rat regnancy
Autor Quintino, Marisa Pascale Autor UNIFESP Google Scholar
Orientador Kulay Junior, Luiz Autor UNIFESP Google Scholar
Resumo Objetivo: A pirazinamida, e uma droga utilizada para o tratamento da tuberculose, nao ha nenhuma referencia na literatura ou trabalho experimental que relate ser segura na gravidez. Frente a tal fato, interessamo-nos por estudar os efeitos do uso cronico da pirazinamida na prenhez da rata albina. Material e metodos: Utilizamos 50 ratas albinas da colonia EPM 1 Wistar, prenhes com aproximadamente 250 g de peso. A partir do dia zero de prenhez os animais foram divididos aleatoriamente em cinco grupos numericamente iguais: grupo C, sem qualquer manuseio; grupo C2 recebeu 0,5 ml do veiculo, enquanto os grupos E1, E2, E3 receberam respectivamente 35, 105 e 315 mg por quilo de peso de pirazinamida, dissolvido em 0,5 ml de veiculo. O farmaco e o veiculo foram administrados diariamente por gavagem, desde o dia zero ao vigesimo dia. As ratas foram pesadas no 0, 7, 14 e 20 dias, sendo nesta data sacrificadas por meio de inalacao de eter etilico. Realizada histerotomia, foram avaliadas as seguintes variaveis: (1) numero de implantacoes e absorcoes, obitos intrauterinos, numero de fetos e placentas; (2) peso do concepto e placentas; (3) malformacoes maiores e mortalidade das matrizes. Metodo estatistico: Os achados foram analisados por variaveis quantitativas e qualitativas. Analise de variancia (ANOVA), complementada pelo teste de TUKEY, analise dos perfis complementada pelo teste de NEWMAN-KLEUS. Teste de KRUSKAL-WALLIS, complementado pelo teste de DUCAN. Resultados: Os resultados mostraram que a pirazinamida nas dosagens utilizadas nao interferiu no ganho de peso materno, peso dos conceptos; numero de implantacoes e reabsorcoes, placentas e fetos; nas malformacoes maiores, mortalidade materna e obito intra-uterino, em qualquer dos grupos estudados. Observou-se apenas no grupo que recebeu a maior dose do farmaco, placentas significantemente menores quando comparadas com os outros grupos. Conclusao: Durante o uso cronico da pirazinamida foi demonstrado, efeito deleterio na placenta da rata albina
Palavra-chave Pirazinamida
Ratos
Prenhez
Tuberculose
Idioma Português
Data de publicação 2003
Publicado em São Paulo: [s.n.], 2003. 50 p.
Publicador Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
Extensão 50 p.
Direito de acesso Acesso restrito
Tipo Dissertação de mestrado
Endereço permanente http://repositorio.unifesp.br/handle/11600/18475

Exibir registro completo




Arquivo

Arquivo Tamanho Formato Visualização

Não existem arquivos associados a este item.

Este item está nas seguintes coleções

Buscar


Navegar

Minha conta