Papel dos macrófagos, linfócitos T e linfócitos B na defesa imuno-inflamatória local da ferida anal em cicatrização: estudo após hemorroidectomia pela técnica aberta

Papel dos macrófagos, linfócitos T e linfócitos B na defesa imuno-inflamatória local da ferida anal em cicatrização: estudo após hemorroidectomia pela técnica aberta

Título alternativo Role of macrophages and T and B lymphocytes in local immunoinflamatory defense of the healing anal wounds: study after open technique hemorrhoidectomy
Autor Paula, Pedro Roberto de Autor UNIFESP Google Scholar
Orientador Matos, Delcio Autor UNIFESP Google Scholar
Resumo Objetivo: Identificar os fatores imuno-inflamatorios de defesa tecidual presentes nas feridas da regiao anal, em processo de cicatrizacao, resultantes da hemorroidectomia pela tecnica aberta. Metodos: Foram utilizadas tecnicas de imuno-histoquimica, em biopsias da ferida anal, para caracterizar e quantificar, em cinco campos de grande aumento (400x), macrofagos, linfocitos T e B, celulas NK, celulas apresentadoras de antigenos, e para identificar celulas com imuno-expressao de citocinas (TGFp,,2,3) e da enzima oxido nitrico sintase. Os plasmocitos foram quantificados em laminas coradas pela HE; a presenca de plasmocitos IgG, IgM e IgA foi investigada por imunofluorescencia direta. As biopsias foram colhidas no Dia 0 e no Dia 6. Resultados: Foi observado, no Dia 0, inflamacao aguda, sem componente linfomonuclear-plasmocitario. No Dia 6, detectou-se a presenca de infiltrado inflamatorio rico em macrofagos e celulas linfoplasmocitarias, revelando participacao dos mecanismos de defesa inatos inespecificos e da resposta tecidual adaptativa. A contagem media das celulas imuno-inflamatorias, no Dia 6, foi: macrofago (CD68+) = 190,3, macrofago (HAM56+) = 184,3, linfocitos T (CD3+) = 59,6, linfocito T (CD45R0+) = 47,7, linfocito T auxiliar (CD4+) = 89,2, linfocito T citotoxico (CD8+) = 29,4, linfocito B (CD20+) = 64,4, plasmocito = 1,7, celulas NK (NK+) = 12,9. As celulas macrofagicas (HAM56+ e CD68+) foram identificadas em quantidade estatisticamente significante em relacao as demais. Os linfocitos, em numero significativo, foram predominantemente B (CD20+), embora nao ocorressem de maneira estatisticamente significante em relacao aos T (CD3+). A participacao do braco imune humoral foi caracterizada pela presenca de plasmocitos secretores de IgG. 0 braco imune celular foi caracterizado pela identificacao dos linfocitos T (CD3+ e CD45R0+), sendo, a maioria da subpopulacao, T auxiliar (CD4+). Estes predominaram de maneira estatisticamente significante em relacao aos linfocitos T citotoxico (CD8+). Celulas NK foram identificadas em...(au)
Assunto Cicatrização/imunologia
Hemorroidas/imunologia
Hemorroidas/cirurgia
Canal anal/imunologia
Canal anal/cirurgia
Idioma Português
Data 2003
Publicado em São Paulo: [s.n.], 2003. 91 p.
Editor Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
Extensão 91 p.
Direito de acesso Acesso restrito
Tipo Tese de doutorado
URI http://repositorio.unifesp.br/handle/11600/18471

Mostrar registro completo




Arquivos deste item

Arquivos Tamanho Formato Visualização

Não existem arquivos associados a este item.

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(s)

Buscar DSpace


Navegar

Minha conta