Atividade da enzima conversora de angiotensina I (ECA- EC 3.4.15.1) durante o efeito hipotensor produzido pela Cecropia glazioui Sneth em ratos

Atividade da enzima conversora de angiotensina I (ECA- EC 3.4.15.1) durante o efeito hipotensor produzido pela Cecropia glazioui Sneth em ratos

Título alternativo The activity of the angiotensin I Converting enzyme(ACE - EC 3.4.15.1) during the hipotensive effect induced by Cecropia glazioui Sneth in rats
Autor Ninahuaman, Maria Fernanda Melo Lopes Autor UNIFESP Google Scholar
Resumo OBJETIVO: O presente trabalho teve como objetivo avaliar o efeito do extrato aquoso (EA) da Cecropia glazioui na atividade da enzima conversora de Angiotensina I (ECA - EC 3.4.15.1) plasmatica de ratos normotensos tratados repetidamente com doses comprovadamente hipotensoras comparativamente com a atividade inibitoria do EA e da sua fracao butanolica (Fbut) incubados in vitro com a mesma enzima. METODOS: Ratos foram tratados oralmente com o EA (2 por cento, 73ºC, 30 min) em dose unica ou repetidamente. Durante os tratamentos, a pressao arterial dos animais foi monitorada por metodo direto (dose unica) ou indireto nao invasivo (doses repetidas). A atividade da ECA plasmatica foi determinada em plasma obtido diretamente da arteria femural (dose unica) ou por puncao caudal (doses repetidas), por metodo espectrofluorimetrico, utilizando como substrato Hipuril-Histidina-Leucina. RESULTADOS: 1.A pressao arterial, a frequencia cardiaca e a atividade da ECA plasmatica nao foram modificadas significativamente durante as primeiras 24 horas apos a administracao unica do EA (1 g/kg, p.o.). 2. A pressao arterial dos animais (121,7 n 0,5 mm Hg) tratados repetidamente com EA (0,5 g/kg/bid, p.o.) foi reduzida a partir do 14º dia de administracao em todos os grupos experimentais. Este efeito manteve-se durante os 56 dias de tratamento, revertendo aos valores basais apos sua interrupcao. 3. Os valores da ECA (nmoi/min/mL) permitiram a separacao dos ratos em 3 grupos: animais com ECA alta (ECAa=48,8n2,6), baixa (ECAb=23,5n0,6) ou intermediaria (ECAi =39,4n1,4). Apos 30 dias de tratamento com o EA (0,5 g/kg/bid, p.o.), a atividade da ECA nao foi significativamente alterada em nenhum dos grupos experimentais. 4. A ECA plasmatica dos ratos tratados repetidamente com captopril, controle positivo do teste, foi inibida ao redor de 50 por cento apos 1 h da administracao, mas aumentou em aproximadamente 120 por cento a atividade basal apos 12 h da administracao. 5. A interferencia do EA e da Fbut na medida da fluorescencia comprometeu o estudo dos extratos da Cecropia na atividade da ECA in vitro. CONCLUSOES: O tratamento repetido com o EA da Cecropia glazioui produziu hipotensao mas nao alterou a atividade da ECA plasmatica em nenhum dos grupos experimentais indicando a ausencia de participacao do sistema renina-angiotensina no efeito hipotensor da Cecropia glazioui Sneth. O metodo espectrofluorimetrico e inadequado para a triagem in vitro da atividade inibidora de extratos...(au)
Palavra-chave Plantas Medicinais
Peptidil Dipeptidase A
Idioma Português
Data de publicação 2003
Publicado em São Paulo: [s.n.], 2003. 75 p.
Publicador Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
Extensão 75 p.
Direito de acesso Acesso restrito
Tipo Dissertação de mestrado
Endereço permanente http://repositorio.unifesp.br/handle/11600/18470

Exibir registro completo




Arquivo

Arquivo Tamanho Formato Visualização

Não existem arquivos associados a este item.

Este item está nas seguintes coleções

Buscar


Navegar

Minha conta