Análise do perfil de consumo de antimicrobianos em um hospital universitário

Análise do perfil de consumo de antimicrobianos em um hospital universitário

Título alternativo Analysis of the consumption profile of antimicrobial in a teaching hospital
Autor Hidalgo, Sonia Regina Autor UNIFESP Google Scholar
Orientador Burattini, Marcelo Nascimento Autor UNIFESP Google Scholar
Resumo OBJETIVOS: Analisar a variacao de consumo, em gramas e em DDD, e dos gastos diretamente relacionados a alguns antimicrobianos utilizados no Hospital São Paulo no periodo de 1996 a 2001, assim como, as mesmas variaveis em algumas unidades de internacao selecionadas. METODOS: Foi avaliado o consumo de 14 antibioticos selecionados em gramas e em Doses Diarias Definidas (DDD), por pacientes-dia, calculadas para o total de saidas hospitalares, excluindo as unidades pediatricas. Foram analisadas as mesmas variaveis em 6 unidades de internacao selecionadas. Utilizou-se a tabela de precos de medicamentos Brasindice© de cada ano de estudo para calcular os custos financeiros com o consumo dos antimicrobianos. Foi empregada a analise de variancia e a tecnica de regressao linear para avaliar a variacao anual do consumo de cada antibiotico estudado e dos gastos financeiros com os mesmos Atraves da regressao linear foi possivel fazer uma projecao dos custos previstos para o ano de 2002. RESULTADOS: 0 consumo dos antimicrobianos em DDD e em gramas no periodo de 1996 a 2001 foi elevado. Os antibioticos mais consumidos foram as cefalosporinas, com predominio da ceftriaxona, seguidas pela clindamicina, da ciprofloxacina, da amicacina e da vancomicina. Os aminoglicosideos representaram papel importante ate 1998, sendo que a partir de entao apresentaram queda de consumo significativa. Os carbapenens e as polimixinas apresentaram elevacao de consumo ao longo dos seis anos de estudo. 0 metronidazol intravenoso manteve um consumo estavel ate 2000, entretanto no ano seguinte apresentou um aumento acentuado. No periodo estudado, as unidades de internacao com maior consumo em DDD por 100 pacientes-dia destes antimicrobianos foram: Unidade de Terapia Intensiva, as Retaguardas I e li, Transplante de Medula ossea e Hematologia. 0 impacto economico na instituicao pelo consumo dessas drogas foi grande, entretanto verificou-se uma diminuicao dos gastos com antimicrobianos ao longo dos seis anos de estudo. As enfermarias que representaram maiores gastos foram em ordem decrescente: Retaguardas...(au)
Palavra-chave Antibacterianos
Racionalização
Uso de medicamentos
Prescrições de medicamentos
Custos e análise de custo
Idioma Português
Data de publicação 2003
Publicado em São Paulo: [s.n.], 2003. 93 p.
Publicador Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
Extensão 93 p.
Direito de acesso Acesso restrito
Tipo Dissertação de mestrado
Endereço permanente http://repositorio.unifesp.br/handle/11600/18458

Exibir registro completo




Arquivo

Arquivo Tamanho Formato Visualização

Não existem arquivos associados a este item.

Este item está nas seguintes coleções

Buscar


Navegar

Minha conta