Estudo comparativo das seqüências rápidas ponderadas em T2, utilizando-se sincronização respiratória, apnéia, supressão de gordura, bobina de corpo e bobina de sinergia para a avaliação do fígado pela ressonância magnética

Estudo comparativo das seqüências rápidas ponderadas em T2, utilizando-se sincronização respiratória, apnéia, supressão de gordura, bobina de corpo e bobina de sinergia para a avaliação do fígado pela ressonância magnética

Título alternativo Comparative study of fast T2-weighted images using respiratory triggered, breath-hold, fat suppression and phased array multicoil for liver evaluation by magnetic resonance imaging
Autor Abbehusen, Cristiane Lima Autor UNIFESP Google Scholar
D'Ippolito, Giuseppe Autor UNIFESP Google Scholar
Palácio, Glaucia Andrade e Silva Autor UNIFESP Google Scholar
Szejnfeld, Jacob Autor UNIFESP Google Scholar
Instituição Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
Resumo OBJECTIVE: To compare both qualitatively and quantitatively six T2-weigthed turbo spin-echo sequences varying the respiratory compensation technique, associating or not fat tissue suppression and using different types of coils. MATERIALS AND METHODS: We performed a prospective study of 71 consecutive patients that were submitted to MRI of the liver using a 1.5T magnet. The six following pulse sequences were used: 1) fat-suppressed respiratory triggered with conventional body coil; 2) breath-hold fat-suppressed with conventional body coil; 3) non-suppressed respiratory triggered with conventional body coil; 4) breath-hold non fat-suppressed with conventional body coil; 5) fat-suppressed respiratory triggered with phased-array multicoil; 6) breath-hold fat-suppressed with phased-array multicoil. Images were analyzed quantitatively by measuring the signal-to-noise ratios and qualitatively by evaluating the sharpness of hepatic contours, visibility of intrahepatic vessels and other segmental landmarks, and the presence of artifacts. RESULTS: The qualitative analysis showed that the mean values obtained with the six sequences were 7.8, 4.6, 7.9, 5.2, 6.7 and 4.6, respectively. The respiratory-triggered sequences were better than the breath-hold sequences in both qualitative and quantitative analysis (p < 0.001). No significant differences in the values of signal-to-noise ratios and in overall image quality rankings were found between the sequences with and without fat suppression (p > 0.05). The sequences using the body coil were similar in terms of image quality (p > 0.05) and better regarding signal-to-noise ratios than those obtained with the phased-array multicoil (p < 0.001). CONCLUSION: Our qualitative and quantitative results suggest that the best MRI sequences for the evaluation of the liver are the sequences with respiratory triggering using a conventional body coil, with or without fat suppression.

OBJETIVO: Comparar, qualitativa e quantitativamente, as imagens de ressonância magnética do fígado, ponderadas em T2, utilizando-se seqüências rápidas, diferenciadas pela técnica de controle respiratório, pela utilização de supressão de gordura e pelo tipo de bobina de radiofreqüência. MATERIAIS E MÉTODOS: Estudo prospectivo em 71 pacientes consecutivos, sendo realizadas seis seqüências para comparação: 1) supressão de gordura com sincronização respiratória e bobina de corpo; 2) supressão de gordura em apnéia e bobina de corpo; 3) sem supressão de gordura com sincronização respiratória e bobina de corpo; 4) sem supressão de gordura em apnéia e bobina de corpo; 5) com supressão de gordura com sincronização respiratória e bobina de sinergia; 6) com supressão de gordura em apnéia e bobina de sinergia. A avaliação qualitativa foi baseada em três critérios: detecção de determinadas estruturas anatômicas do fígado, definição dos contornos hepáticos, e presença de artefatos de respiração. A análise quantitativa foi obtida através da relação das intensidades de sinal do fígado e do ruído de fundo. RESULTADOS: O valor médio dos índices globais de qualidade de imagem para cada uma das seis seqüências supracitadas foi de 7,8, 4,6, 7,9, 5,2, 6,7 e 4,6, respectivamente. As seqüências obtidas com sincronização respiratória apresentaram melhor qualidade de imagem e relação sinal/ruído superiores às seqüências com apnéia (p < 0,001). As seqüências realizadas com e sem supressão de gordura apresentaram qualidade de imagem e relação sinal/ruído semelhantes (p > 0,05). As seqüências obtidas com bobina de sinergia apresentaram qualidade de imagem semelhante (p > 0,05) e relação sinal/ruído inferior àquelas com bobina de corpo (p < 0,001). CONCLUSÃO: Associando-se as análises qualitativa e quantitativa das imagens, as melhores seqüências foram aquelas obtidas com sincronização respiratória e bobina de corpo, utilizando-se ou não supressão de gordura.
Assunto Magnetic resonance imaging
Liver
Gastrointestinal diagnostic techniques
Imaging techniques
Imagem por ressonância magnética
Fígado
Técnicas de diagnóstico do sistema digestório
Técnicas de imagem
Idioma Português
Data 2003-10-01
Publicado em Radiologia Brasileira. Colégio Brasileiro de Radiologia e Diagnóstico por Imagem, v. 36, n. 5, p. 261-272, 2003.
ISSN 0100-3984 (Sherpa/Romeo)
Editor Colégio Brasileiro de Radiologia e Diagnóstico por Imagem
Extensão 261-272
Fonte http://dx.doi.org/10.1590/S0100-39842003000500003
Direito de acesso Acesso aberto Open Access
Tipo Artigo
SciELO S0100-39842003000500003 (estatísticas na SciELO)
URI http://repositorio.unifesp.br/handle/11600/1844

Mostrar registro completo




Arquivos deste item

Nome: S0100-39842003000500003.pdf
Tamanho: 436.5Kb
Formato: PDF
Descrição:
Visualizar/Abrir

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(s)