A influência do exercício físico aeróbico em funções cognitivas e viscosidade do sangue de idosos normais

A influência do exercício físico aeróbico em funções cognitivas e viscosidade do sangue de idosos normais

Título alternativo The influence of aerobic exercise in function cognitive and blood viscosity in healthy older man
Autor Antunes, Hanna Karen Moreira Autor UNIFESP Google Scholar
Orientador Bueno, Orlando Francisco Amodeo Autor UNIFESP Google Scholar
Resumo Diversos trabalhos demonstram que a pratica do exercicio fisico regular em idosos pode levar a melhora de funcoes cognitivas, refletindo assim na melhora da qualidade de vida desta populacao. O presente estudo teve como objetivo investigar as possiveis alteracoes fisicas, cognitivas, no humor, e na viscosidade sanguinea de idosos normais antes e apos um programa de condicionamento fisico. A amostra foi constituida por 46 voluntarios sedentarios do sexo masculino com idades entre 60 e 75 anos (66,97 n 4,80 anos), todos considerados normais do ponto de vista clinico, cognitivo e de exames laboratoriais. Os voluntarios foram distribuidos aleatoriamente em dois grupos: grupo controle (23) e grupo experimental (23) e submetidos a uma avaliacao basal composta por exames fisicos, laboratoriais e neuropsicologicos. Apos a avaliacao, o grupo controle foi instruido a nao alterar sua rotina de atividades cotidianas e que nao deveria se engajar em um programa de atividade fisica regular, ja o grupo experimental participou de um programa de condicionamento fisico sistematizado, personalizado, com enfase no metabolismo aerobio. O programa foi realizado em cicloergometro, 3 vezes por semana em dias alternados, com intensidade e volume individualizado conforme carga obtida no limiar anaerobio ventilatorio 1 (LAV-1). As sessoes eram continuas e tiveram duracao maxima de 60 minutos cada. Como atividade complementar foram prescritos exercicios de alongamento e flexibilidade articular. A reavaliacao dos voluntarios foi realizada apos 6 meses utilizando o mesmo protocolo inicial. Os resultados demostraram que o grupo experimental melhorou significativamente (p<0,05) em relacao ao grupo controle: foi observado melhora nas escalas de humor e no desempenho cognitivo, diminuicao da viscosidade sanguinea e aumento na capacidade aerobia, no entanto nao foram observadas alteracoes significativas na composicao corporal, tendo ocorrido uma diminuicao no metabolismo basal dos voluntarios. Os dados sugerem que a participacao em um programa de condicionamento fisico aerobio sistematizado pode ser visto como uma alternativa nao medicamentosa para a melhora fisica, cognitiva, no humor e na viscosidade sanguinea de idosos normais
Palavra-chave Envelhecimento
Cognição
Exercício
Viscosidade sanguínea
Idioma Português
Data de publicação 2003
Publicado em São Paulo: [s.n.], 2003. 123 p.
Publicador Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
Extensão 123 p.
Direito de acesso Acesso restrito
Tipo Dissertação de mestrado
Endereço permanente http://repositorio.unifesp.br/handle/11600/18437

Exibir registro completo




Arquivo

Arquivo Tamanho Formato Visualização

Não existem arquivos associados a este item.

Este item está nas seguintes coleções

Buscar


Navegar

Minha conta